Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 10 > Governo brasileiro está focado em expandir comércio com a Índia, avalia empresário

Notícia

Governo brasileiro está focado em expandir comércio com a Índia, avalia empresário

Brasil no BRICS

Presidente da Câmara de Comércio Brasil-Índia, Roberto Paranhos do Rio-Branco, ressalta potencial de negócios entre os dois países e oportunidade de uma ponte para mercados do Oriente Médio e da Ásia
por Portal Planalto publicado: 15/10/2016 13h15 última modificação: 16/10/2016 13h32
Reprodução/Portal Planalto Roberto Paranhos do Rio-Branco ressaltou a importância da Índia como ponte para as exportações brasileiras avançarem para o Oriente Médio e a Ásia

Roberto Paranhos do Rio-Branco ressaltou a importância da Índia como ponte para as exportações brasileiras avançarem para o Oriente Médio e a Ásia

O presidente da Câmara de Comércio Brasil-Índia, Roberto Paranhos do Rio-Branco, avaliou positivamente o papel que vem sendo desempenhado pelo governo federal para fortalecer as relações comerciais entre os dois países.

“A equipe do governo está muito focada em fazer com que, de fato, esse desejo da Índia, do primeiro-ministro Narendra Modi, de triplicar a balança comercial entre os países possa realmente se desenvolver. Numa escala, até mesmo mais que triplicando essa balança comercial”, ressaltou. A declaração foi feita após almoço do presidente Michel Temer com empresários brasileiros, neste sábado (15), em Goa, na Índia. 

Potencial econômico

Paranhos do Rio-Branco também ressaltou o grande potencial dos negócios brasileiros com a Índia. Ele citou que, com a entrada dos medicamentos genéricos brasileiros no mercado indiano e com a presença de multinacionais indianas do setor de serviços no Brasil, a balança de pagamentos entre os dois países, que não passava de US$ 2 bilhões em 2004, atingiu quase US$ 12 bilhões em 2014.

“A Índia tem um potencial muito grande. Sabidamente, é um país que tem 68% de população rural, tem todo um desenvolvimento para uma urbanização maior do país. Então, é um país de enormes oportunidades, que tem uma enorme vocação para inúmeros produtos. O Brasil poderia estar se aproveitando mais”, avaliou.

Mercados na Ásia e Oriente Médio

O empresário também ressaltou a importância da Índia como ponte para as exportações brasileiras avançarem para o Oriente Médio e a Ásia, mercados com presença indiana sedimentada. “É um grande hub para a Ásia. Você daqui exporta para países do Oriente Médio com maior facilidade, eles têm uma presença no Golfo [Pérsico] muito forte”, declarou.

Após um interesse primário dos empresários em aumentar as exportações, Paranhos aponta que é importante dar outros passos, como o desenvolvimento de joint ventures (parcerias) entre empresas.

“Esses são passos iniciais de um processo maior. É uma questão simplesmente de estarmos mais próximos, melhorando realmente o clima de negociação entre os países, reduzindo, quando necessário, as questões de protecionismo, que todos temos, e com isso realmente ganharmos um espaço muitíssimo maior que podemos ter com a Índia”, afirmou.

Fonte: Portal Planalto