Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 10 > Calheiros diz que Temer reúne as condições para tirar Brasil da crise

Notícia

Calheiros diz que Temer reúne as condições para tirar Brasil da crise

PEC 241

Em jantar com base aliada, presidente do Senado prometeu dar agilidade à tramitação da PEC e que pretende votar proposta até o fim do ano
por Portal Planalto publicado: 10/10/2016 00h18 última modificação: 10/10/2016 09h42
Wilson Dias/Agência Brasil Renan Calheiros destacou a importância da aprovação da PEC 241 ao País

Renan Calheiros destacou a importância da aprovação da PEC 241 ao País

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou que o presidente da República, Michel Temer, reúne as condições para guiar o Brasil na travessia para fora da crise fiscal. A fala dele ocorreu durante jantar no Palácio da Alvorada com a base aliada do governo.

Segundo Calheiros, a reunião marca uma relação diferente do Executivo com o Legislativo, com uma maior integração entre os dois poderes. “É muito importante que participemos dessa mobilização”, afirmou.  

“É preciso enfrentar os desafios diante de nós, e o primeiro passo é a PEC do gasto. Temos de entender que precisamos fazer a transição do modelo de desenvolvimento, e ninguém mais do que o presidente Michel Temer reúne as condições para fazer essa travessia”, argumentou.

Calheiros ponderou que o Brasil tem um modelo de desenvolvimento econômico sustentado na política social compensatória e no desequilíbrio fiscal. “Isso precisa ser substituído”, afirmou.

Para ele, o primeiro desafio é a reforma do gasto. “Teremos outros desafios pela frente, com a reforma da Previdência e a reforma política que precisa andar”, relatou. O senador disse aos presentes que vai dar agilidade à tramitação da PEC assim que ele chegar ao Senado e afirmou que pretende aprovar a proposta até o fim do ano.

Ele também disse que depois das eleições quer conversar com deputados, líderes de partido e senadores para que todos possam pensar em um agenda ampla para o País. Calheiros ainda afirmou que “se nós não reestruturamos o gasto no Brasil, vamos ter de aumentar impostos”. 

Fonte: Portal Planalto