Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 10 > BRICS tem potencial para influenciar a governança global, diz especialista

Notícia

BRICS tem potencial para influenciar a governança global, diz especialista

Brasil no BRICS

Professor da UnB avalia que cúpula vai abordar uma agenda de crescimento conjunto, colaborativo e inclusivo. Encontro começa neste sábado (15), na Índia
publicado: 14/10/2016 20h21 última modificação: 17/10/2016 12h02
Foto: Reprodução/Portal Planalto Segundo professor Renato Baumann, encontro irá abordar uma agenda de crescimento conjunto e inclusivo

Segundo professor Renato Baumann, encontro irá abordar uma agenda de crescimento conjunto e inclusivo

O professor da Universidade de Brasília (UnB) Renato Baumann afirmou que os países que integram o BRICS têm potencial para influenciar a governança global. Esse grupo é um acrônimo para Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul e foi formalizado a partir de 2009.

O presidente da República, Michel Temer, participará da VIII Cúpula do BRICS, marcada para 15 e 16 de outubro. A reunião ocorre em Goa, na Índia. Segundo o professor Baumann, o encontro irá abordar uma agenda de crescimento conjunto, colaborativo e inclusivo.

“O potencial do BRICS continua expressivo. Com isso, o grupo tem potencial para influenciar a governança global”, ponderou. Segundo Baumann, essa cúpula deve aproximar não apenas governos e empresas, mas também as populações dos cinco países que foram o grupo.

Ele ponderou que o encontro deve promover um conjunto de iniciativas envolvendo juventude, organizações da sociedade civil. “Essa lógica de processo de aprofundamento entre as cinco sociedades deveria gerar frutos em termos de criar oportunidades e permitir iniciativas conjuntas”, afirmou.


Fonte: Portal Planalto