Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 10 > Brasil tem sido ágil nas ações para incrementar comércio internacional, diz CNI

Notícia

Brasil tem sido ágil nas ações para incrementar comércio internacional, diz CNI

Brasil no Japão

Robson Andrade, presidente da entidade, avalia que visita oficial de Temer ao Japão é fundamental para apresentar as oportunidades negociais com o Brasil
por Portal Planalto publicado: 19/10/2016 04h25 última modificação: 20/10/2016 14h03
Foto: Reprodução/Portal Planalto Para Robson Andrade, da CNI, os rumos dados pelo governo colocaram o País em um “momento especial de relações internacionais”

Para Robson Andrade, da CNI, os rumos dados pelo governo colocaram o País em um “momento especial de relações internacionais”

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, afirmou, nesta quarta-feira (19), em Tóquio, que a visita do presidente Michel Temer ao Japão está sendo fundamental para apresentar as oportunidades de investimentos no Brasil. Andrade conversou com o Portal Planalto após ter participado do encontro de Temer com empresários japoneses e brasileiros.

“O Brasil está sendo muito ágil nessas ações internacionais para incrementar o comércio internacional e também atrair investimentos. (...) A vinda do presidente Temer aqui foi fundamental para esclarecer as mudanças que o Brasil está propondo a fazer e as grandes oportunidades que o Brasil tem de investimentos, não só na infraestrutura, mas de investimentos visando o consumo, o mercado interno e também como plataforma de exportação para a América Latina”, declarou o presidente da CNI.

Ele ressaltou que os rumos dados pelo governo colocaram o País em um “momento especial de relações internacionais” e que a visita oficial ao parceiro asiático é oportuna para dar encaminhamento a acordos bilaterais e acordos do Mercosul com o Japão.

Citando as cerca de 700 empresas japonesas instaladas no País, algumas há mais de 80 anos, com grande participação no PIB brasileiro, Andrade ressaltou a contribuição delas nos investimentos em tecnologia, inovação e produtividade. “[Agora] as empresas japonesas estão querendo ver o Brasil em uma fase de competitividade. E o presidente Temer deu essa mensagem, de que o Brasil está vivendo uma fase de novas expectativas”, afirmou.

Ressaltou ainda a retomada da confiança e do otimismo por parte de empresários brasileiros e também de estrangeiros presentes em território nacional. “O Brasil está fazendo uma agenda muito voltada para o crescimento, para geração de empregos, de desenvolvimento”, avaliou.

Fonte: Portal Planalto