Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 10 > Brasil recebe conferência da Comunidade de Países de Língua Portuguesa

Notícia

Brasil recebe conferência da Comunidade de Países de Língua Portuguesa

CPLP

Evento ocorre entre os dias 31 de outubro e 1º de novembro. Tema é o desenvolvimento sustentável para 2030
por Portal Planalto publicado: 28/10/2016 19h27 última modificação: 29/10/2016 07h51
Divulgação/MRE Embaixador Fernando Abreu: encontro tem uma amplitude de temas muito grande, que podem ser tratados na sua transversalidade

Embaixador Fernando Abreu: encontro tem uma amplitude de temas muito grande, que podem ser tratados na sua transversalidade

O Brasil recebe nos dias 31 de outubro e 1º de novembro a XI Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), organização internacional que visa aprofundar a amizade mútua e a cooperação entre os seus nove membros. 

No ano em que a CPLP comemora 20 anos, o Brasil assumirá a presidência do grupo pelo próximo biênio, sucedendo a Timor-Leste. Ao mesmo tempo, haverá a discussão sobre a Declaração de Brasília, que estabelece o plano de trabalho da organização para os próximos anos. O tema da conferência é a CPLP e a Agenda para Desenvolvimento Sustentável em 2030.

“O encontro tem uma amplitude de temas muito grande, que podem ser tratados na sua transversalidade. Portanto, todos os ministérios já estão trabalhando para desenvolver atividades específicas nessas áreas, evidentemente, em cooperação com os demais países da comunidade”, disse o subsecretário para África e Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Fernando Abreu.

O embaixador destacou a presença do novo secretário-geral das Nações Unidas, o português António Guterres, que aceitou o convite do presidente da República, Michel Temer, para participar da abertura da conferência. “Ele terá a oportunidade de intercambiar opiniões e estudar planos específicos de cooperação com a CPLP e com os diferentes países do mundo”, disse.

Acordo ortográfico

Outro assunto destacado por Abreu é a expansão do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, que é vigente no Brasil, Portugal e Cabo Verde, mas ainda está em processo de ratificação em Angola e Moçambique.

“Isso facilitará a divulgação da língua portuguesa e determinadas tarefas, como a divulgação de livros, será facilitada porque teremos uma ortografia única. Evidentemente, respeitando as expressões regionais, de cada país, a um vocabulário ortográfico convencional”, comentou o embaixador.

CPLP

Além do Brasil, fazem parte da comunidade Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Além da valorização da língua portuguesa, a organização busca projetos de cooperação entre os países-membros em várias áreas, como educação, saúde, ciência e tecnologia, defesa, agricultura, administração pública, comunicações, justiça, segurança pública, cultura e desporto.

Fonte: Portal Planalto