Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 09 > Não há previsão de aumento de impostos para 2017, afirma Meirelles

Notícia

Não há previsão de aumento de impostos para 2017, afirma Meirelles

Orçamento

O ministro da Fazenda destaca ainda que aprovação da PEC que cria um teto para os gastos públicos é fundamental para o País
por Portal Planalto publicado: 31/08/2016 22h15 última modificação: 14/10/2016 17h40
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, apresenta programação orçamentária para 2017 enviada ao Congresso Nacional

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, apresenta programação orçamentária para 2017 enviada ao Congresso Nacional

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, garantiu que não há previsão de aumento de impostos na proposta de orçamento de 2017. O projeto foi encaminhado nesta quarta-feira (31) ao Congresso Nacional.

"Com os dados que temos agora, não será necessário aumento de impostos. Portanto, no orçamento de 2017, segundo o projeto de lei apresentado, não está previsto o aumento de imposto", disse Meirelles após a apresentação da proposta.

De acordo com o ministro, o projeto obedece os mesmos critérios da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria um teto para o aumento dos gastos públicos em acordo com a inflação do ano anterior. 

“Se a PEC por ventura não for aprovada até lá, o orçamento será executado normalmente, ele não depende da aprovação da PEC", explicou o ministro. “A aprovação da PEC é fundamental para o País nos anos seguintes, mas para 2017 é absolutamente seguro de que o orçamento será cumprido”, acrescentou.