Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 09 > Meirelles classifica proposta que cria limite para gastos públicos como fundamental

Notícia

Meirelles classifica proposta que cria limite para gastos públicos como fundamental

Conselho das Américas

Para o ministro da Fazenda, com a implementação das medidas, a economia vai voltar a gerar emprego e renda
por Portal do Planalto publicado: 21/09/2016 17h19 última modificação: 04/10/2016 15h32

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, fez defesa das propostas que visam reorganizar as contas públicas e fazer o País voltar a crescer. Após evento no Conselho das Américas, em Nova York (EUA), Meirelles disse a jornalistas que o maior problema do Brasil é o crescimento das despesas públicas.

Diante desse diagnóstico, o ministro argumentou que a proposta que cria um limite para a expansão dos gastos públicos é “fundamental”. “Uma proposta de reforma da previdência social também é fundamental e parte desse processo”, emendou.

Ele ainda avaliou que o desemprego vai cair depois da implementação dessas medidas. “É uma ação que começa na economia, endereça as questões fundamentais, principalmente as questão dos gastos públicos, além das questões de produtividade”, observou.

Aumento do nível de emprego

“Nossa expectativa, agora, é que, no devido tempo, o desemprego vai começar a cair, na medida que ele foi uma consequência da recessão”, ponderou. “No momento que a economia estabilize e volte a crescer, o País vai voltar a gerar emprego, e isso vai reforçar a retomada do crescimento”, argumentou.

Fonte: Portal Planalto, com informações do Ministério da Fazenda