Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 09 > Investidores estrangeiros voltam a acreditar no Brasil

Notícia

Investidores estrangeiros voltam a acreditar no Brasil

PPI

Com o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) e medidas que vão reorganizar a economia, investidores mudam a forma como têm avaliado o País
por Portal Planalto publicado: 22/09/2016 16h03 última modificação: 23/09/2016 13h44
Will Landers, diretor da BlackRock, empresa global gestora de investimentos, participou do encontro de apresentação do PPI

Will Landers, diretor da BlackRock, empresa global gestora de investimentos, participou do encontro de apresentação do PPI

O chefe global de mercados emergentes da BlackRock, Will Landers, avaliou que o Brasil tem criado as condições necessárias para voltar a crescer. Ele ponderou que o programa de concessões vai abrir oportunidades importantes para investidores.

A BlackRock é uma das maiores gestoras de recursos do mundo e participou de encontro de empresários com o presidente da República, Michel Temer, em Nova York (EUA).

O presidente e a comitiva de ministros brasileiros apresentaram a investidores estrangeiros o Programa de Parcerias de Investimentos. Anunciado na semana passada, o PPI prevê um novo modelo para a concessão à iniciativa privada de portos, aeroportos, rodovias, ferrovias, usinas hidrelétricas e empresas de saneamento básico.

Lander, que participou do encontro, afirmou que há uma nova visão e avaliação dos investidores estrangeiros sobre as condições da economia brasileira e as oportunidades oferecidas pelo País.

“Com o novo governo, nós, sem dúvida, temos a oportunidade de falar de crescimento, de uma recuperação econômica”, ressaltou. Landers lembrou que o Brasil passou por um momento de crise econômica e que agora é possível acreditar em um crescimento e na possível queda da inflação e dos juros.

“Estávamos em depressão e agora estamos voltando a acreditar em um crescimento de 2% para o ano que vem e 3% ou 4% (de crescimento) para 2018”, projetou. Ele ponderou ainda que já é possível ver no cenário uma melhora do mercado de trabalho, inflação em queda e eventualmente uma queda de juros.

Landers avaliou que, agora, o Brasil pode voltar ao tripé econômico inaugurado pelo Plano Real: responsabilidade fiscal, controle da inflação e regime de câmbio flutuante. “Podemos dar a chance da economia brasileira e da classe média voltarem a crescer”, argumentou.

 PPI

O diretor da gestora de recursos ainda observou que o PPI traz grandes oportunidades para investidores. “Com um governo que acredita em trabalhar com o setor privado e não forçá-lo a fazer investimentos que não fazem sentido, acho que vai dar muito certo”, afirmou.

Inicialmente, estão previstos 34 projetos de concessão, e a expectativa é que os primeiros leilões ocorram em 2017. Entre as características do programa estão o estabelecimento de taxas de retorno atrativas para os investidores e o apoio de R$ 30 bilhões de bancos públicos para financiar as concessões.

Fonte: Portal Planalto