Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 09 > Governo brasileiro reafirma compromisso com o Brics

Notícia

Governo brasileiro reafirma compromisso com o Brics

Relações Internacionais

Em sua primeira reunião com os demais líderes do Brics, Temer apresentou medidas para fortalecer o protagonismo do grupo na governança econômica global
por Portal Planalto publicado: 04/09/2016 11h03 última modificação: 05/09/2016 13h04

Em sua primeira reunião com os demais líderes do Brics (Rússia, Índia, China e África do Sul), neste domingo (4), o presidente Michel Temer reafirmou o compromisso do governo brasileiro com o grupo e apresentou medidas para ampliar o protagonismo do bloco na governança econômica global. O encontro foi realizado em Hangzhou, na China, onde também acontece a Cúpula do G20.

“Nossa parceria traduz valores caros ao Brasil. Representa o universalismo e o multilateralismo. Fiel a esses valores, nosso governo reafirma seu compromisso com o Brics”, declarou o presidente ao renovar o apoio brasileiro à realização da próxima cúpula do grupo no mês de outubro em Goa, na Índia.

Michel Temer ressaltou o protagonismo dos cinco países como forças atuantes para a estabilidade econômica global e lembrou que o novo Banco de Desenvolvimento e o Arranjo Contingente de Reservas, administrado pelo grupo, tem um relevante papel nesse processo.

De acordo com o presidente, o banco deve manter o foco nos países em desenvolvimento e precisa definir a política para admissão de novos membros à instituição.

Mudança do Clima

Para Michel Temer, o banco dos Brics é uma poderosa ferramenta de mobilização de recursos para vencer “o desafio sistêmico da mudança climática” e deve continuar investindo em projetos que garantam a protação do sistema climático global, como os primeiros empréstimos da instituição que foram destinados a projetos de energia renovável.

O presidente assegurou, ainda, que o Brasil ratificará na Organização das Nações Unidas (ONU) o Acordo de Paris.

Crescimento econômico

Temer ressaltou que os países dos Brics têm como desafio comum a construção de conjunta de políticas que incentivem o crescimento econômico inovador, como fez a China durante o período de presidência do G-20.

Segundo o presidente, os líderes do grupo devem continuar a trabalhar juntos no aprofundamento das reformas do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial para torná-los mais representativos.

“As mudanças em curso exigem a correspondente atualização das nossas estruturas de governança global. Precisamos de instâncias decisórias internacionais mais representativas e, portanto, mais legítimas e eficazes”, afirmou.

O presidente Michel Temer destacou, ainda, a importância da Organização Mundial do Comércio (OMC) para o aprimoramento do sistema multilateral de comércio e pediu que os líderes atuem para fortalecer a Organização.

“Temos de resgatar o passivo do sistema multilateral de comércio, sobretudo em matéria agrícola. São essenciais avanços em temas como o apoio doméstico à agricultura e a certeza científica de medidas sanitárias e fitossanitárias”, disse. 

Fonte: Portal Planalto