Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 09 > Ao Wall Street Journal, Temer diz que o Brasil é um país seguro para investir

Notícia

Ao Wall Street Journal, Temer diz que o Brasil é um país seguro para investir

Entrevista

Presidente da República, Michel Temer, concedeu entrevista ao jornal norte-americano e afirmou haver segurança jurídica no País
por Portal Planalto publicado: 16/09/2016 11h55 última modificação: 16/09/2016 15h35
Carolina Antunes/PR Presidente Michel Temer durante entrevista ao The Wall Street Journal & Dow Jones Newswires

Presidente Michel Temer durante entrevista ao The Wall Street Journal & Dow Jones Newswires

Em entrevista concedida, na quinta-feira (15), ao Wall Street Journal, o presidente da República, Michel Temer, garantiu que a incerteza política foi debelada e que o País está aberto a investidores. Na semana do anúncio de uma série de projetos para concessão da iniciativa privada, Temer afirmou ao diário norte-americano que o Brasil cumprirá contratos firmados, prezando pela segurança jurídica.

“A incerteza política foi debelada”, disse o presidente na primeira entrevista a um veículo estrangeiro desde a posse. “E nós temos segurança jurídica. Todos os contratos serão cumpridos”, acrescentou, ressaltando a prioridade de tirar o País da recessão – a pior desde 1930.

Parte da retomada do crescimento econômico, nas palavras do presidente, virá com a atração de capital privado e investidores estrangeiros. Nesta semana, foram anunciadas concessões de dezenas de projetos de infraestrutura, como rodovias, ferrovias e usinas elétricas. “Há muito dinheiro no mundo”, afirmou.

Na entrevista, Temer defendeu a realização de reformas estruturantes no País, como a da Previdência Social. O presidente se mostrou confiante com a aprovação, pelo Congresso, da proposta que limita gastos públicos, uma das prioridades do governo. “Tenho confiança na responsabilidade dos parlamentares”, assegurou.

Às vésperas de participar da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o presidente aproveitará a viagem para falar com investidores estrangeiros. Sobre as relações entre Brasil e Estados Unidos, Temer afirmou que o Brasil manterá uma relação institucional com o país, independentemente do vencedor das eleições presidenciais neste ano.

Fonte: Portal Planalto