Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 08 > Organização dos Jogos trará reconhecimento mundial ao Brasil, afirma Temer

Notícia

Organização dos Jogos trará reconhecimento mundial ao Brasil, afirma Temer

Rio 2016

Para presidente em exercício, País está "fazendo bonito” nos Jogos e elogia as 14 medalhas conquistadas pelos atletas brasileiros nos primeiros 14 dias do evento esportivo
por Portal Planalto publicado: 18/08/2016 20h31 última modificação: 19/08/2016 14h09

O presidente em exercício, Michel Temer, disse, nesta quinta-feira (18), que o Brasil vai alcançar “reconhecimento mundial” pela capacidade de organização e estruturação demonstrada nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A declaração foi feita após reunião de balanço do evento esportivo no Rio de Janeiro.

“O que nós assistimos desde o momento da abertura da Olimpíada, naquele espetáculo maravilhoso, foi uma tranquilidade absoluta no Rio de Janeiro. Ainda há pouco comentávamos o número imenso de turistas que andam tranquilamente pelas ruas do Rio de Janeiro e participam ativamente de todos os jogos”, reforçou Temer, em declaração à imprensa.

O presidente em exercício disse ainda que o País está "fazendo bonito” nos jogos e elogiou as 14 medalhas já conquistadas pelos atletas brasileiros nos primeiros 14 dias do evento esportivo. “Ainda temos vários jogos nestes próximos três dias e, certa e seguramente, outras tantas medalhas virão para o Brasil”, comentou.

Em sua fala, o presidente pediu a todos que mantenham, também na Paralimpíada, que começa no dia 7 de setembro, a presença, a torcida e o entusiasmo presentes nos Jogos Olímpicos Rio 2016. “Acho que é uma coisa importante para o Brasil, para o mundo e para aqueles que vão participar da Paralimpíada”, complementou Temer.

A reunião contou com a presença dos ministros de Estado Eliseu Padilha (Casa Civil), Alexandre de Moraes (Justiça e Cidadania), Raul Jungmann (Defesa), José Serra (Relações Exteriores) e Leonardo Picciani (Esporte); do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão; de membros do Comitê da Rio 2016; do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL); entre outras autoridades.

Fonte: Portal Planalto