Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 08 > Governadores pedem a Temer medidas para reforçar arrecadação dos estados

Notícia

Governadores pedem a Temer medidas para reforçar arrecadação dos estados

Articulação política

Em reunião com Temer, representantes de nove estados e do Distrito Federal reforçam a necessidade de se criar condições para que entes federados honrem dívidas com a União
por Portal Planalto publicado: 16/08/2016 20h41 última modificação: 16/08/2016 20h41

O presidente em exercício, Michel Temer, recebeu nesta terça-feira (16) governadores das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste para estudar medidas que possibilitem aos estados e ao Distrito Federal aumentar a arrecadação de tributos e receitas com impostos. A medida, dizem os governadores, seria uma compensação aos entes da Federação que se sentiram prejudicados com o projeto ainda em discussão no Congresso Nacional que prevê a renegociação das dívidas desses entes com a União.

Durante o encontro, conforme os presentes, Temer mostrou preocupação com o assunto e avisou que o governo está atento às questões de solvência das unidades da Federação. Na ocasião, o presidente em exercício mencionou que pediria que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, estudasse o assunto.

“O presidente [Temer] foi extremamente atencioso no sentido de dizer que já determinou à equipe econômica [do governo federal] que busque alternativas que possam garantir algum auxílio financeiro a esses estados”, disse o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.

O governador do Pará, Simão Jatene, reforçou que reuniões como essa valorizam o pacto federativo, além de estimular a união de todos os entes para buscar a recuperação da economia brasileira “o mais breve possível”.

“A palavra de ordem que se repetiu a todo o momento da reunião é o compromisso de todos com o reequilíbrio das contas do País, com a retomada do crescimento, do emprego e da renda, que é o único caminho para a gente construir uma sociedade melhor”, disse Jatene.

Além de Rollemberg e Jatene, participaram da reunião os governadores Camilo Santana (Ceará), Pedro Taques (Mato Grosso), Renan Calheiros Filho (Alagoas), Rui Costa (Bahia), Marcelo Miranda (Tocantins), Marconi Perillo (GO), Tião Viana (Acre) e Wellington Dias (PI), além do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros.