Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 08 > Brasil e EUA pretendem intensificar parcerias em áreas prioritárias

Notícia

Brasil e EUA pretendem intensificar parcerias em áreas prioritárias

Relações Internacionais

Para o ministro das Relações Exteriores, José Serra, países estudam ampliar relações em áreas como comércio, defesa, investimentos e infraestrutura
por Portal Planalto publicado: 05/08/2016 17h42 última modificação: 08/08/2016 10h21
Marcos Corrêa/PR O presidente em exercício, Michel Temer, e os ministros José Serra (Itamaraty) e Blairo Maggi (Agricultura) durante cerimônia sobre comércio com os EUA

O presidente em exercício, Michel Temer, e os ministros José Serra (Itamaraty) e Blairo Maggi (Agricultura) durante cerimônia sobre comércio com os EUA

Brasil e Estados Unidos devem intensificar conversas bilaterais para ampliar as relações em áreas consideradas prioritárias pelos dois governos, como comércio, defesa, investimentos e infraestrutura.

A informação foi dada pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra, nesta sexta-feira (05), depois de participar de um encontro bilateral com o secretário de Estado do País norte-americano, Jhon Kerry. Após a reunião, que ocorreu no Rio de Janeiro, os dois fizeram breves comentários.

Serra citou a abertura recíproca dos dois mercados para a carne bovina in natura, acordo que foi selado recentemente por Brasil e EUA, como um dos avanços nas relações bilaterais.

“O acordo, comandado pelo ministro Blairo Maggi [Agricultura], foi um sinal positivo que significa um avanço para a relação entre os dois países”, observou o ministro José Serra.

 

Comércio bilateral

O Brasil já vendia carne bovina industrializada para os EUA e, no ano passado, a exportação para aquele país somou US$ 286,8 milhões. Com o fim dessa negociação em relação à carne fresca e congelada, os frigoríficos brasileiros, juntos, terão uma cota de até 64,8 mil toneladas por ano.

O ministro das Relações Exteriores ainda lembrou que comércio bilateral entre Brasil e Estados Unidos tem uma corrente de comércio de US$ 50 bilhões por ano e destacou que os EUA são os maiores investidores externos do Brasil.

No fim de sua fala, Serra agradeceu a visita de Kerry e desejou êxito à equipe norte-americana nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A abertura da Olimpíada será às 20h desta sexta-feira (05).

Fonte: Portal Planalto