Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 08 > Brasil assina acordos de cooperação com Armênia

Notícia

Brasil assina acordos de cooperação com Armênia

Relações bilaterais

Países acertam cooperação para desenvolvimento de áreas como educação, agricultura, consultas políticas e parcerias entre academias diplomáticas
por Portal Planalto publicado: 12/08/2016 14h02 última modificação: 12/08/2016 14h19
Foto: Beto Barata/PR Presidente em exercício, Michel Temer, durante encontro com Serj Sargsyan, presidente da Armênia.

Presidente em exercício, Michel Temer, durante encontro com Serj Sargsyan, presidente da Armênia.

O presidente em exercício, Michel Temer, recebeu nesta sexta-feira (12), no Palácio do Planalto, o presidente da Armênia, Serzh Sargsyan, que realiza visita oficial ao Brasil de 11 a 15 de agosto. Após se reunirem, os dois presidentes participaram de cerimônia de assinatura de acordos em quatro grandes áreas: cooperação educacional e técnica; agricultura; consultas políticas; e cooperação entre academias diplomáticas.

O ministro das Relações Exteriores (MRE), José Serra, e o ministro armênio dos Negócios Estrangeiros, Edward Nalbandian, assinaram quatro acordos. O primeiro deles, um memorando de entendimento para cooperação entre o Instituto Rio Branco, do MRE, e a Academia Diplomática da Armênia. A finalidade é criar condições para o estabelecimento e manutenção de contatos regulares e promover cooperação entre as partes nos campos da educação e da pesquisa. Também no campo da educação, outro acordo prevê o desenvolvimento e a ampliação de cooperação científica. Os dois países elaborarão e executarão programas e projetos de pesquisa, compartilhando os resultados alcançados e as informações educacionais e científicas.

Um terceiro acordo tem por objeto promover cooperação técnica em atividades e projetos de áreas consideradas prioritárias pelos governos dos dois países. Os dois ministros assinaram, ainda, um memorando de entendimento sobre consultas políticas que serão realizadas em reuniões regulares alternadamente em Brasília e Ierevan, a capital armênia.

Ainda foi assinado um memorando de entendimento em agricultura pelo secretário-executivo do ministério brasileiro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmar Novacki, e o ministro armênio dos Negócios Estrangeiros. O acordo visa fortalecer e desenvolver colaboração e cooperação bilateral com intercâmbio de informações em áreas como cultivos agrícolas, combate a doenças de plantas, tecnologias de irrigação, seleção de raças e pecuária, além de comércio agrícola, entre outros.

Agenda no Brasil

Em seguida, o presidente Sarsgyan seguiu para cerimônia de lançamento da construção da Embaixada da Armênia em Brasília. Ele foi acompanhado do ministro do MRE, José Serra.

Em São Paulo, ainda nesta sexta-feira, Sarsgyan será recebido pelo governador Geraldo Alckmin e manterá encontros com membros da comunidade armênia, que soma cerca de 40 mil pessoas em todo o Brasil, das quais 25 mil residem naquela cidade.

No Rio de Janeiro, o presidente da Armênia assiste a eventos da Rio 2016.