Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 07 > Temer recebe governador do Ceará para discutir combate à seca no estado

Notícia

Temer recebe governador do Ceará para discutir combate à seca no estado

Combate à Seca

Foram discutidas ações como a construção de novas adutoras e a perfuração de poços
por Portal Planalto publicado: 04/07/2016 17h39 última modificação: 04/07/2016 17h39
Foto: Carolina Antunes/PR Presidente se encontrou com o governador Camilo nesta segunda-feira (4), no Palácio do Planalto

Presidente se encontrou com o governador Camilo nesta segunda-feira (4), no Palácio do Planalto

O presidente em exercício Michel Temer se reuniu nesta segunda-feira (4) com o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), para discutir ações de combate à seca no estado, como a aceleração das obras do Cinturão das Águas, a construção de novas adutoras e a perfuração de poços.

Em entrevista concedida ao Portal Planalto, Santana disse que Temer foi receptivo e compreendeu a situação do abastecimento de água no Ceará. “Ficou encaminhado que nós (governo do estado) vamos encaminhar a situação para o Ministério da Integração Nacional, para que a gente possa aprofundar melhor as demandas solicitadas”, disse.

O presidente também se comprometeu, reforçou o governador, a assinar uma medida provisória que possibilite ao governo do Ceará colocar em prática ações da Defesa Civil no estado.

Santana disse que, considerando 2016, já são cinco anos consecutivos em que o Ceará registra chuvas abaixo da média histórica para o período. Diante da baixa profusão de chuvas, o volume de água acumulada nos reservatórios caiu para 12,5% da capacidade hídrica disponível – o menor patamar em 30 anos.

“A maior barragem do Ceará está hoje com 8% de água e é ela que abastece Fortaleza e toda a região metropolitana”, disse Camilo Santana. Para ele, é preciso que as medidas para equacionar a falta de chuvas sejam tomadas o quanto antes. “Em nossa reunião, nós colocamos para o presidente a gravidade da situação do abastecimento de água no estado.”