Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 07 > Temer: “Brasil deve manter relações com todos os países”

Notícia

Temer: “Brasil deve manter relações com todos os países”

Inovação tecnológica

Em evento com empresários da indústria, presidente em exercício fala em diversificar parcerias e reforça que País não focará relação “com este ou aquele bloco”
por Portal Planalto publicado: 08/07/2016 14h04 última modificação: 08/07/2016 15h15
Foto: Beto Barata/PR Presidente em exercício durante reunião do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI)

Presidente em exercício durante reunião do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI)

Durante reunião com o Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), realizada nesta sexta-feira (8), o presidente em exercício, Michel Temer, afirmou que o Brasil deve universalizar suas relações externas de modo a potencializar o intercâmbio de ideias e ações com países que mantenham “projetos inovadores.”

“Não podemos centralizar ou focar a nossa relação com este ou aquele bloco, com este ou aquele país, mas, diferentemente, fazer com que o País seja universalizado, no sentido de manter relações com todos os países”, disse Temer no encontro, que ocorreu na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), e contou com cerca de 100 empresários.

Temer citou, ainda, a proposta do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab, de criar uma célula especial na Pasta para aumentar parcerias entre o Brasil e entidades estrangeiras dedicadas à inovação.

O presidente destacou a importância do incentivo à inovação como política de Estado. “A palavra inovar não tem um sentido estático, tem um sentido dinâmico, de movimento. Neste sentido, inovar é algo importante para o País. Na economia, no emprego, na tecnologia, na educação, na saúde. Inovar é uma coisa fundamental, principalmente no momento em que vivemos”, reforçou o presidente em exercício. 

Fonte: Portal Planalto