Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 07 > Nova linha do metrô reduzirá deslocamento diário em até duas horas

Notícia

Nova linha do metrô reduzirá deslocamento diário em até duas horas

Infraestrutura

Inaugurado pelo presidente em exercício, Michel Temer, neste sábado (30), no Rio, novo corredor ferroviário levará pessoas das zonas Oeste e Sul em apenas 13 minutos
por Portal Planalto publicado: 30/07/2016 12h13 última modificação: 01/08/2016 13h17
Foto: Isac Nóbrega/PR Percurso entre Barra da Tijuca e Ipanema será feito em 13 minutos

Percurso entre Barra da Tijuca e Ipanema será feito em 13 minutos

Sair da Barra da Tijuca e chegar a Ipanema em apenas 13 minutos ou ao Centro em 34 minutos. Um antigo desejo dos cariocas está prestes a se concretizar neste sábado (30), com a inauguração da Linha 4 do metrô, que vai ligar as zonas Oeste e Sul da cidade, permitindo aos passageiros utilizar todo o sistema metroviário pagando uma única tarifa.

A assistente administrativa Jane Figueiredo é uma das 300 mil pessoas que usarão o metrô diariamente no novo trecho. Para ela, o transporte trará melhorias à cidade. “Vai facilitar muito a locomoção das pessoas, desafogar um pouco o trânsito, porque as pessoas ficam meio perdidas com tantos ônibus e carros”, diz.

Com a redução do tempo diário de deslocamento, Jane conta que sobrará mais tempo para fazer o que ela realmente gosta. “Ir ao cinema, ficar mais tempo no supermercado, brincar com as crianças. Que continue assim, melhorando cada vez mais a cidade”, comenta.

Já Francisco Costa, que trabalha como massoterapeuta na Barra da Tijuca, vai aproveitar o tempo a mais para aumentar a renda doméstica. “Em vez de estar perdendo tempo no transporte, vou poder fazer mais atendimentos e sair do trabalho um pouco mais tarde, porque vou chegar em casa mais tranquilo”, conta.

Para o secretário de Transportes do Rio de Janeiro, Rodrigo Vieira, o benefício mais percebido pelos passageiros são duas horas por dia a menos no deslocamento diário. “E a população vai poder utilizar esse momento para curtir, para estar com sua família, para trabalhar, gerando reflexos na economia, na saúde e na educação”, enumera.

“Isso sem falar na redução de dois mil veículos por hora/pico no eixo entre a Barra (da Tijuca) e a Zona Sul, melhorando o trânsito, reduzindo o número de acidentes e melhorando também a qualidade do ar da cidade”, revela o secretário.

Inauguração metrô Rio

Fonte: Portal Planalto