Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 07 > Governo deve lançar pacto contra o analfabetismo, diz Cristovam

Notícia

Governo deve lançar pacto contra o analfabetismo, diz Cristovam

Esforço de alfabetização

Em reunião no Planalto, ministro da Educação, senador do PPS e presidentes de empresas estatais discutem proposta para melhorar acesso à educação básica no País
por publicado: 11/07/2016 20h30 última modificação: 11/07/2016 20h30

O Ministério da Educação (MEC) deve apresentar em 20 dias projeto para erradicação do analfabetismo no país. A proposta, que envolveria o esforço concentrado de todo o governo, tem o aval do presidente em exercício, Michel Temer, que se reuniu nesta segunda-feira (11), no Palácio do Planalto, para tratar do tema com o ministro da Educação, Mendonça Filho, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) e os presidentes da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, dos Correios, Guilherme Campos, e do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli.

“O presidente nos convidou para saber que sugestões nós temos para que se faça uma grande campanha para erradicar o analfabetismo no País”, disse ao Portal Planalto o senador Cristovam Buarque, que também já foi ministro da Educação no governo Lula.

Durante a entrevista, o senador recordou números que mostram que ainda há, atualmente, 14 milhões de brasileiros que não sabem ler e escrever. Para Cristovam, é “inconcebível” que, em pleno século 21, um país tenha pessoas não alfabetizadas com mais de seis anos de idade.

O tema já havia sido tratado em reunião com o presidente Michel Temer na última quarta-feira (6), quando parlamentares do PPS sugeriram a ideia de uma ação integrada para ampliar o acesso à educação básica no País. “E ele (Temer), imediatamente, em menos de uma semana, já convocou uma reunião, já nos reunimos e ele já nos deu a tarefa para aqueles que quiserem, e eu me coloco à disposição dele, para que elaboremos uma proposta”, afirmou.

Fonte: Portal Planalto