Página Inicial Atendimento preferencial é “mais do que legítimo”, diz Temer