Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 06 > Governo trabalha pela recuperação da confiança no Estado, diz ministro do Planejamento

Notícia

Governo trabalha pela recuperação da confiança no Estado, diz ministro do Planejamento

Otimismo

Em evento com mais de 500 líderes empresariais, Dyogo Oliveira avaliou encontro como uma importante demonstração de apoio ao governo em exercício
por publicado: 30/06/2016 15h46 última modificação: 30/06/2016 16h52
Beto Barata/PR Dyogo Oliveira durante evento com presidente em exercício e  ministros

Dyogo Oliveira durante evento com presidente em exercício e ministros

Após 45 dias de governo, o apoio dado à gestão do presidente em exercício Michel Temer tem sido generalizado, disse o ministro interino do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira. Em reunião com empresários do comércio, Oliveira disse estar surpreso com o suporte que o setor produtivo tem dado ao governo em exercício. “Esse apoio é nacional e reflete a importância do momento que estamos vivendo no Brasil”, avaliou.

A fala do ministro ocorreu durante evento no Palácio do Planalto com mais de 500 líderes empresariais do segmento de comércio, realizado na quinta-feira (30). O grupo representa mais de 2,3 mil associações comerciais de todo o País.

Na avaliação de Dyogo Oliveira, governo tem adotado, nos últimos dias, um amplo conjunto de iniciativas que demostram a direção que a política econômica está tomando, no sentido de reestabelecer a confiança e a credibilidade no Estado brasileiro.

Para ele, esse caminho tem como base, em um primeiro momento, a consolidação das contas públicas. E, em um segundo momento, a adoção de um conjunto de ações que visem estimular a retomada do crescimento da atividade econômica.

“A estabilização fiscal e a retomada do crescimento são dois movimentos que precisam ocorrer concomitantemente”, reforçou o ministro interino do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Ele acrescentou que a experiência internacional demonstra que a expansão da atividade produtiva apenas é possível com estabilidade econômica. ““Precisamos ter a certeza e a confiança de que nenhum país consegue se desenvolver sem a estabilidade macroeconômica, sem a confiança no Estado”, ponderou o ministro.

Dyogo Oliveira disse ainda que o reconhecimento do setor privado de que o País está em uma rota sustentável de crescimento é o combustível para restabelecer o humor das firmas e famílias, ingredientes indispensáveis para a retomada dos investimentos. Por fim, declarou: “Estamos trabalhando nisso de maneira firme”, afirmou o ministro.