Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 06 > Presidente Temer destaca capacidade de investimentos do BNDES ao inaugurar fábrica de celulose no Paraná

Notícia

Presidente Temer destaca capacidade de investimentos do BNDES ao inaugurar fábrica de celulose no Paraná

Economia

Maior investimento privado da história do Paraná, fábrica de celulose inaugurada nesta sexta contou com financiamento do banco público
por publicado: 28/06/2016 18h21 última modificação: 28/06/2016 18h56

Ao participar da inauguração de fábrica de celulose no Paraná, que contou com financiamento do governo federal por meio do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o presidente em exercício Michel Temer ressaltou a capacidade da instituição de financiar investimentos.

Respondendo a jornalistas sobre devolução pelo banco de R$ 100 bilhões em ativos que pertencem ao Tesouro Nacional, Temer apontou que o BNDES permanece com um volume muito superior em ativos.
“É que ainda sobram R$ 400 bilhões para o BNDES, primeiro ponto. Segundo ponto, esses R$ 100 bilhões, que vão ser tirados pouco a pouco, eles já foram negociados com o BNDES”, esclareceu.

A devolução dos ativos é uma das medidas do governo para a retomada do crescimento econômico e implicará em uma economia da ordem de R$ 7 bilhões no ano para o Tesouro Nacional.

Em sua posse como presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques também explicou que a devolução de ativos não implica na redução da capacidade financiamento. De acordo com ela, o valor devolvido ao Tesouro foi calculado em conjunto com o próprio BNDES, sendo que R$ 40 bilhões são devolvidos em 2016 como excesso de caixa previsto para o período e o restante em um ou dois anos, também de acordo com a essa expectativa.

Maria Silvia apontou ainda que, com a retomada do ciclo positivo na economia, o banco pode, por exemplo, captar recursos privados no mercado de capitais, com debêntures e com captações externas.

Fonte: Portal Planalto

Assunto(s): Economia, Indústria