Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Notícias > 2016 > 05 > Em áudio, Temer assegura recursos para pagar dívidas atrasadas do Ministério da Cultura

Notícia

Em áudio, Temer assegura recursos para pagar dívidas atrasadas do Ministério da Cultura

Cultura

Presidente interino afirmou que o governo irá manter os recursos para o setor e até ampliar o orçamento no ano que vem
por Portal do Planalto publicado: 18/05/2016 20h25 última modificação: 30/05/2016 14h01

Pouco depois de anunciar o nome de Marcelo Calero para a Secretaria Nacional de Cultura, nesta quarta-feira (18), o presidente interino Michel Temer afirmou que o governo irá manter os recursos para o setor e até ampliar o orçamento no ano que vem.

Em áudio divulgado à imprensa, Michel Temer justificou que a integração entre as pastas da Educação e da Cultura não significa reduzir a importância da atividade, e sim atender a um clamor popular. “Durante muito tempo, o clamor popular pedia a redução dos ministérios, e foi o que fizemos: nós reduzimos ministérios sem eliminá-los porque, na verdade, o que fizemos foi uma racionalização de trabalhos e de atividades”, afirmou.

Temer afirmou que pediu ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que garanta a liberação de recursos para pagamentos remanescentes do Ministério da Cultura, estimados em pouco mais de R$ 230 milhões, além de ampliar o orçamento para o setor no ano que vem. “Seguramente, no orçamento do ano que vem, vamos aumentar o valor destinado à Cultura, tamanha é a importância desse setor. E aqui quero fazer um parênteses, não é o fato de ser ministério ou não ser ministério que reduz a atividade da cultura no País”, disse.

Fonte: Blog do Planalto