Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Entrevistas > Entrevistas concedidas pelo presidente Michel Temer > Entrevista concedida pelo presidente da República, Michel Temer, após cerimônia de Inauguração da Estação de Bombeamento EBV-3 do Eixo Leste do PISF e Assinatura da Ordem de Serviço para elaboração do Projeto do Ramal do Agreste Pernambucano - Floresta/PE

Entrevista concedida pelo presidente da República, Michel Temer, após cerimônia de Inauguração da Estação de Bombeamento EBV-3 do Eixo Leste do PISF e Assinatura da Ordem de Serviço para elaboração do Projeto do Ramal do Agreste Pernambucano - Floresta/PE

por Portal Planalto publicado 30/01/2017 12h40, última modificação 30/01/2017 15h33

 

Floresta/PE, 30 de janeiro de 2017

 

Então muito bom dia a todos, eu faço uma primeira declaração dizendo aquilo não ouviram no meu discurso, ou seja, da importância da transposição para todo o nordeste.

E nós temos agilizado essas obras e por isso mesmo cumprimentei o ministro Helder Barbalho e toda a equipe que está trabalhando nesta obra, que começou lá trás, há muito tempo mas que agora está sendo, volto a dizer, agilizada para que em brevíssimo tempo nós possamos não apenas inaugurar o chamado Eixo Leste, para logo em seguida, ainda este ano, inaugurar o Eixo Norte. Praticamente completando a transposição do Rio São Francisco.

E, evidentemente, vocês sabem que muitas e muitas vezes, lá no Congresso Nacional, tem havido a preocupação também com a revitalização do Rio São Francisco. Matéria que nós já estamos começando a tratar mas logo depois nós trataremos de fazê-lo sempre vitalizado precisamente para permitir, que a transposição esteja sempre cheia de água.

Eu disse lá que foi um gesto impressionante o acionamento da bomba, porque permitiu que nós víssemos a pujança das águas, nessa subida que se fez naquele momento.


Jornalista: Presidente, falta muito tempo para a água chegar à casa das pessoas realmente?

 

Presidente: Olha, acho que lá, por exemplo, em março nós vamos fazer chegar lá na Paraíba, na cidade de Monteiro, de lá entra no Rio, e evidentemente lá começa a distribuição. Não demorará muito tempo não. Eu penso que ainda neste ano as casas estarão abastecidas com águas da transposição.

 

Jornalista: Presidente, em que pé está a licitação para substituir até o final desse mês, mas não saiu.

 

Presidente: É, não, a licitação será feita, se não me engano, (...) no dia primeiro. No dia primeiro desse mês será feita a licitação e, logo depois, não havendo impugnações, nenhum problema judicial, logo se homologa essa licitação e começam as obras. De modo que a ideia é também, neste ano, seja possível a resolver a questão do Eixo Norte.

 

Jornalista: A Trans Nordestina está enganchada, saiu agora, está saindo a transposição. O senhor tem alguma previsão para acelerar, para tentar fazer, entrar nos trilhos de verdade?

 

Presidente: O ministério dos Transportes, Integração Nacional e outros, assim como Planejamento e Casa Civil, estão estudando devidamente este assunto, para que logo possamos seguir com a Trans Nordestina.

 

Jornalista: Presidente, (...) a declaração que a presidente Dilma dando conta que estaria havendo um novo golpe em curso, com um possível impedimento da candidatura da Dilma, do Lula em 2018?

 

Presidente: Eu não sei o que responder a essa pergunta. Ela foge aos pressupostos constitucionais, não é? E certa e seguramente, a questão do presidente Lula é uma questão política. Será decidida pelos partidos políticos. Não tenho dúvida disso. Tá bom?

 

Jornalista: Delatores e empresários da Odebrecht. Como o senhor vê (inaudível)

 

Presidente:Olhe, eu acho que a ministra, presidente Carmen Lúcia, até tinha pré-anunciado que muito possivelmente entre hoje e amanhã faria homologação. Acho que ela fez o que deveria fazer e nesse sentido fez corretamente. 


Ouça a íntegra da entrevista (03min29s) do presidente da República

registrado em: