Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Entrevistas > Entrevistas concedidas pelo presidente Michel Temer > Entrevista coletiva concedida pelo presidente da República, Michel Temer, após cerimônia de Inauguração do novo Campus de Serra Talhada do Instituto Federal do Sertão Pernambucano - Serra Talhada/PE

Entrevista coletiva concedida pelo presidente da República, Michel Temer, após cerimônia de Inauguração do novo Campus de Serra Talhada do Instituto Federal do Sertão Pernambucano - Serra Talhada/PE

por Portal Planalto publicado 30/01/2017 17h14, última modificação 30/01/2017 17h14

Serra Talhada/PE, 30 de janeiro de 2017

 

 

Presidente: Não preciso dizer da importância deste ato que vocês acabaram de presenciar, não é? Mas eu enfatizo mais uma vez que fora a parte da inauguração das obras físicas aqui desse instituto, que vocês viram com entusiasmo dos estudantes, eu quero enfatizar mais uma vez a questão da liberação de 2 milhões de reais que vem para reequipamento final aqui, deste instituto. E a liberação da verba para o piso nacional de educação que é 1 bilhão, no total 1 bilhão e 300 milhões.

          Este fato é um fato fundamental como disse o ministro Mendonça, algo que seria lançado para o ano que vem, acertado para o ano que vem. Nós estamos antecipando para este ano.

          Portanto, educação como disseram aqui, volto a repetir, é a solução. Não é sem razão que ao formularmos, repito aqui, o orçamento do ano que vem, nós aumentamos em 10 bilhões, aliás, deste ano de 2017. No ano passado fizemos uma proposta orçamentária e este ano aumentamos em 10 bilhões de reais a verba para educação.

          De modo que acho que são momentos importantes que devem ser comemorados como comemorados estão sendo neste momento.

 

Jornalista: Presidente, hoje a presidente do Supremo Tribunal Federal homologou as delações da Odebrecht, mas manteve o sigilo. O senhor é a favor desse sigilo, acha que esse sigilo (incompreensível) como de que forma eles podem prejudicar o seu governo?

 

Presidente: Em primeiro lugar, você sabe que a ministra é a presidente Cármen Lúcia, havia mais ou menos pré anunciado na semana passada que entre hoje e amanhã homologaria as delações. Ela manteve o sigilo, esta é uma decisão do judiciário, eu não posso dar palpite em relação a isso, ela deve fazer aquilo que… perdão…

 

Jornalista: Inaudível

 

Presidente: Eu não sei, de vez em quando sai um outro vazamento, eu não sei. Eu confesso que estando lá no Supremo Tribunal Federal eu duvido que haja vazamento. Eu conheço a seriedade, a competência, a exação, a extraordinária capacidade administrativa e judicial da presidente Cármen Lúcia, eu tenho certeza que um vazamento (...)

 

Jornalista: E em relação a presidência da Câmara, as eleições, há candidatos da base, o senhor teme, como o senhor está trabalhando para que….

 

Presidente: Eu não estou participando da eleição, nem na Câmara nem no Senado, exatamente para evitar qualquer racha da base. Tenho certeza que não haverá racha não, os deputados e senadores tem uma responsabilidade extraordinária , consciência da sua responsabilidade com o país. Tenho certeza seja qual for o resultado, não haverá racha.

 

 Ouça a íntegra (02min51s) da entrevista concedida pelo Presidente Michel Temer