Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Discursos > Discursos do Presidente da República > Discurso do presidente da República, Michel Temer, durante Cerimônia de Autorização do Processo Licitatório para Implantação do Sistema de Captação de Água do Lago Paranoá - Brasília/DF

Discurso do presidente da República, Michel Temer, durante Cerimônia de Autorização do Processo Licitatório para Implantação do Sistema de Captação de Água do Lago Paranoá - Brasília/DF

por Portal Planalto publicado 15/03/2017 17h30, última modificação 15/03/2017 17h40

Palácio do Planalto/DF, 15 de março de 2017

 

 

Quero cumprimentar o governador Rodrigo Rollemberg,

O Helder Barbalho, ministro da Integração Nacional,

Os senadores Antonio Carlos Valadares e Hélio José,

Nosso deputado federal Augusto Carvalho,

Os senhores e senhoras deputados distritais,

O senhor Maurício Luduvice, presidente da Caesb,

Paulo Sales, diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.

 

Cumprimentar a todos e dizer que ontem mesmo quando o ministro Helder Barbalho me ligou dizendo de um drama que acomete Brasília já há algum tempo. Eu confesso que estou morando, praticamente, em Brasília há 30 anos e jamais, governador, eu assisti a uma crise hídrica como esta que vossa excelência e os habitantes, nós todos, habitantes de Brasília estamos enfrentando.

Então, quando o Helder Barbalho me ligou, no dia de ontem, para dizer que iríamos autorizar R$ 55 milhões para este auxílio, evidentemente, que a cedi imediatamente. Até porque a água, para dizer o óbvio, é uma fonte de vida. Então, nós temos que cuidar muito disso. E eu vejo com muita alegria governamental e cívica que o governador Rollemberg usará as águas do Lago Paranoá em caráter emergencial. Porque basta verificar a descrição robusta que ele fez das várias medidas que estão sendo tomadas para a captação de águas de outras fontes, portanto, para alimentar Brasília e evitar qualquer hipótese de risco de falta d’água.

Este nosso governo, vocês sabem, é um governo de diálogo e um governo que vai atrás das questões mais emergenciais. Algumas emergenciais de curto prazo, outras emergenciais de longo prazo. No caso do Nordeste, que o Helder Barbalho mencionou, é do tipo emergência de longo prazo porque é um trabalho que foi realizado, iniciou-se há 15 anos. E eu confesso governador - o Helder estava conosco, estávamos juntos -, que foi emocionante verificar as águas chegando depois do acionamento das máquinas da transposição do Rio São Francisco, verificar a pujança das águas chegando ao Rio Paraíba, que já estava em face da seca de mais de cinco anos, praticamente eliminado. Uma coisa modestíssima, quase um filete d’água que se transformou num rio, podemos dizer com certo exagero, caudaloso, com a chegada das águas da transposição.

Então, eu verifiquei a importância extraordinária para todos os habitantes daquela região, da presença mais robusta das águas da transposição. Agora o Eixo Leste inaugurando, mais adiante inaugurado, mais adiante, em dezembro, o Eixo Norte que vai alimentar estados do Rio Grande do Norte, Ceará, enfim, os demais estados do Nordeste.

Portanto, nós sempre estivemos, graças a ação muito pronta do Helder Barbalho, nós sempre estivemos muito atentos a esta questão da água e lamentamos, naturalmente, que isso esteja ocorrendo, claro que em menores proporções, bem menores proporções, graças a Deus, aqui no Distrito Federal. Mas exigindo medidas urgentes, nós imediatamente as tomamos.

E volto a dizer que esta afirmação do governador, de que usará emergencialmente apenas as águas do Lago Paranoá, com outras tantas obras que ele está realizando, também é um fato auspicioso.

Portanto, nós queremos salientar que o saneamento também é uma área prioritária do nosso Programa de Parceria de Investimentos. Temos variados projetos para distribuição de água que estão com o cronograma em dia. Aliás, todo o PPI tem seu programa em dia. Podemos examinar esses assuntos permanentemente. Muitas e muitas vezes dependerá de uma participação, se for o caso, da iniciativa privada, de quem seja, mas isso é o governador quem vai determinar, mas o que se busca é melhorar, portanto, a eficiência de todos os investimentos público em matéria de água e de saneamento.

Portanto, nós, neste momento, governador, com os pés no chão, sem nenhum populismo, nós trabalhamos pelo bem-estar de todos os brasileiros. E, juntos, nós estamos recolocando o Brasil no caminho do desenvolvimento, e, para esse desenvolvimento, não pode faltar água. Por isso a união da União Federal com o Distrito Federal é fundamental para esse episódio. O sucesso na sua administração e que há de ter água para todos.

Muito obrigado.

 

Ouça a íntegra do discurso (05min27s) do presidente Michel Temer