Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Discursos > Discursos do Presidente da República > Discurso do presidente da República, Michel Temer, durante Cerimônia de assinatura de ordem de serviço para adequação de capacidade da BR-230 – Trecho Cabedelo - Oitizeiro/PB

Discurso do presidente da República, Michel Temer, durante Cerimônia de assinatura de ordem de serviço para adequação de capacidade da BR-230 – Trecho Cabedelo - Oitizeiro/PB

por Portal Planalto publicado 10/03/2017 14h17, última modificação 15/03/2017 15h38

Campina Grande/PB, 10 de março de 2017

 

Olhe, eu vou fazer o seguinte: vocês já viram quantas autoridades estão aqui neste palco. Um número imenso.

O Maurício levou uns 20 minutos mencionando as autoridades, mas eu vou tomar a liberdade de cumprimentar todas autoridades que estão aqui, por meio daqueles que nos colocaram no palco. Por meio do povo de Campina Grande, do povo brasileiro.

Aliás, quando eu vejo o número imenso de autoridades que vem a uma cerimônia como essa, eu vejo a importância da habitação para as pessoas. Temos comparecido a muitos eventos dessa natureza e sempre com grande entusiasmo. E eu aproveito o entusiasmo do Bruno Araújo, o entusiasmo dos que vão receber a sua casa, naturalmente o entusiasmo da construtora, para sugerir ao Bruno que solicite a construtora que, quando concluir o conjunto, sorteie pelo menos uma ou duas casas de graça, para os ocupantes. Acho que os construtores poderão fazer isso. E a mobília evidentemente. Casa mobiliada.

Por outro lado, eu quero dizer a vocês, não quero me alongar muito, mas acho que além deste ato importantíssimo… O construtor está mais caridoso do que eu, porque são 4 casas mobiliadas. Mas eu quero dizer, com toda informalidade a vocês, que este ato é importante.

Agora eu verifico que o ato de maior significação, de maior força, de maior relevância, de maior interesse, do povo paraibano, do povo de Campina Grande, do povo de vários estados do Nordeste, é exatamente a transposição do Rio e as águas que estão chegando hoje no estado da Paraíba. Nós envidamos, como vocês puderam perceber, muitos esforços nesses poucos meses de governo para que pudéssemos chegar a esse ponto.

Mas eu não quero a paternidade dessa obra, ninguém pode tê-la. A paternidade é do povo brasileiro e do povo nordestino. Porque vocês é que pagaram impostos ao longo do tempo, vocês é que permitiram que nós pudéssemos fazer grandes investimentos nessa obra, que vai cada vez mais sendo festejada e até conto um episódio.

O Cássio, quando me abraçou ontem, quase chorou. O Maranhão e o Lyra, quando me abraçaram hoje, quase choraram. Vejam a importância dessa obra. E vocês têm a satisfação, o povo da Paraíba, o povo de Campina Grande, tem a satisfação de ter grandes representantes no Congresso Nacional. Como disse o Maurício, semanalmente eles estão lá. Até natural que eles estejam no ministério. Mas quinzenalmente eles estão com o presidente da República reivindicando pelo estado da Paraíba.

E vocês têm aqui alguém que é entre os deputados, da melhor suposição, deputados que brigam pelo estado da Paraíba, todos eles. Vocês tem o Aguinaldo Ribeiro que é líder do governo. Convenhamos que tem uma significação para a Paraíba este fato. Como tem lá no Tribunal de Contas, o Vital, é um representante da Paraíba. Quer dizer, a Paraíba sempre foi um estado capaz de apresentar grandes nomes no cenário nacional.

Por isso é que eu digo com muita satisfação, que eu tenho uma satisfação enorme de estar aqui, prefeito, recebendo as suas reivindicações. O que o que mais, a gente conhece um bom prefeito, quando ele não apenas agradece, mas quando ele agradece e, além disso, pleiteia novas obras. E assim é que tem que ser. E aliás, quando o Maurício e outros indicam as obras que serão realizadas na Paraíba, estão dizendo o seguinte: “Olha aqui, por meio da atividade do governo federal, nós estamos combatendo o desemprego, porque quando concluir esta obra, disseram, haverá desempregados que logo serão empregados em outras obras do governo federal”. Nós vamos trabalhar muito nessa direção.

E portanto, nós hoje estamos começando na verdade no governo, nós estamos começando a melhorar um pouco a economia. E um dos setores que mais melhora a economia é precisamente a área da construção civil, Fernando. Porque a área da construção civil é de emprego rápido. Emprego imediato. Por isso que quando o Bruno anuncia 600 mil novas casas, neste ano - já está no orçamento -, nós estamos pensando em 2 coisas: primeiro dar casa para quem tem dificuldades financeiras; segundo incentivar o emprego. Porque volto a dizer, a construção civil dá emprego imediato.

Portanto, eu quero dizer aqui neste momento, em que também se deu a assinatura da duplicação da rodovia, é mais um ato importante que vem sendo comemorado neste evento.

Portanto, ao povo da Paraíba, e eu espero contar com o apoio extraordinário que eu tenho tido dos companheiros da Paraíba, no Congresso Nacional, porque o presidente não governa sozinho. O presidente governa bem se tiver o apoio do Congresso Nacional. E os grandes avanços que nós tivemos se deveu precisamente a esse apoio do Congresso Nacional. E graças a Deus, pouco a pouco, nós estamos ganhando, como estamos ganhando aqui, o aplauso do povo brasileiro, e especialmente o aplauso entusiasmado do povo de Campina Grande e do povo da Paraíba, ao governo federal, e aos seus ministros.

Muito obrigado.

 Ouça a íntegra do discurso (07min46s) do presidente.

 

 

registrado em: ,