Você está aqui: Página Inicial > Acompanhe o Planalto > Discursos > Discursos do Presidente da República > Declaração à imprensa do Presidente da República, Michel Temer, após assinatura de atos com o Presidente do Governo da Espanha, Mariano Rajoy - Brasília/DF

Declaração à imprensa do Presidente da República, Michel Temer, após assinatura de atos com o Presidente do Governo da Espanha, Mariano Rajoy - Brasília/DF

por Portal planalto publicado 24/04/2017 14h55, última modificação 24/04/2017 15h13

 

Palácio Planalto, 24 de abril de 2017

 

Cumprimentando mais uma vez o eminente Presidente do Governo, Mariano Rajoy.

Eu quero registrar à imprensa brasileira e a todos que esta é a primeira visita de caráter bilateral de um Chefe de Governo da Espanha ao Brasil, após intervalo de nove anos.

    Não preciso dizer que a Espanha é importantíssimo investidor no Brasil. Investe muito e em setores variados. Ainda há pouco tivemos reunião com os grandes empresários espanhóis do setor de telecomunicações, energia, da tecnologia e finanças.  

E a Espanha vem investindo seguidamente no Brasil ao longo do tempo. Nos anos [19]90, por exemplo, soube aproveitar a estabilidade da economia brasileira e sua maior abertura ao mundo. Relembro que em plena crise de 2008, renovou a sua aposta no Brasil. E agora, nós todos confiamos, eu salientei ao Presidente do Governo, que se abre nova etapa, um terceiro grande momento dos investimentos espanhóis em nosso País.

Eu até ressaltei a Sua Excelência que a Espanha e o Brasil viveram e vivem momentos semelhantes. Ouvi até de Sua Excelência o seu relato referentemente às grandes reformas que foram feitas na Espanha, num momento em que a Espanha enfrentava problemas seríssimos da sua economia, no seu ajuste de contas, no tocante ao emprego.

Até tomei a liberdade de pedir à nossa imprensa, à nossa assessoria de imprensa que registrasse o depoimento do Presidente Rajoy, tendo em vista a similitude das nossas realidades.

Hoje dizia eu ao Presidente do Governo, que nós estamos fazendo uma modernização da legislação trabalhista, estamos fazendo uma reformulação da Previdência Social, questões que foram tratadas ao longo do tempo na Espanha, mas de maneira até mais ou menos recente. E o Presidente Rajoy teve a oportunidade de me dizer, e de dizer a todos, das dificuldades naturais que ele enfrentou, e naturais observações, muitas vezes objeções, e muitas vezes até protestos, que se verificaram, mas que fizeram a Espanha renascer como uma forma extraordinária, não só na sua economia mas evidentemente no combate ao desemprego.

            Ou seja, hoje, o senhor Presidente do Governo, é aplaudido por todos os espanhóis, tendo em vista as reformas que empreendeu ao longo do tempo.

            Também tive a oportunidade, tivemos a oportunidade, de falar do acordo Mercosul/União Europeia, e Sua Excelência se dispôs mais uma vez, já o fizera quando nós estivemos juntos à margem do G20, na China, tivemos uma Bilateral, já o fizera naquela ocasião, mas voltou a fazê-la agora, para dizer que a Espanha vai colaborar enormemente para a finalização desse acordo Mercosul-União Europeia.

            E os senhores, daqui da imprensa, puderam perceber a importância dos acordos que foram aqui assinados. Revelando mais uma vez, uma interação extraordinária entre os interesses do Brasil e os interesses da Espanha.

            Até tomo a liberdade de ressaltar, cochichei até ao senhor Presidente do Governo, a questão da parceria do combate à seca e da revitalização do Rio São Francisco. Tive a oportunidade de dizer o quão importante é esta matéria para o Estado brasileiro.

            De modo que mais uma vez nós estamos praticando aquilo que é nossa política externa, senhor Presidente do Governo, uma política pública voltada verdadeiramente a serviço das necessidades dos brasileiros.

Portanto, mais uma vez, eu quero dizer da satisfação do governo brasileiro em receber uma figura tão importante, uma figura que já fez história na Espanha, e que faz história agora na amizade Brasil/Espanha.

 

Ouça a íntegra da declaração à imprensa (05min23s) do presidente Michel Temer.