Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Releases > Governo federal vai investir R$ 4 bilhões em ações para enfrentar o crack e outras drogas

Governo federal vai investir R$ 4 bilhões em ações para enfrentar o crack e outras drogas

por Portal do Planalto publicado 07/12/2011 10h58, última modificação 21/10/2013 17h06
Com o tema “Crack, é possível vencer”, as ações estão estruturadas em três eixos: Cuidado, Autoridade e Prevenção

 

A Presidenta da República, Dilma Rousseff, lança nesta quarta-feira (7/12), às 11h, no Palácio do Planalto, um conjunto de ações integradas do governo federal para enfrentar o crack em todo o país. Com investimento de R$ 4 bilhões da União e articulação com estados, Distrito Federal, municípios e sociedade civil, a iniciativa tem o objetivo de aumentar a oferta de tratamento de saúde aos usuários de drogas, enfrentar o tráfico e as organizações criminosas e ampliar ações de prevenção.

Com o tema “Crack, é possível vencer”, as ações estão estruturadas em três eixos: Cuidado, Autoridade e Prevenção. O primeiro inclui a ampliação e qualificação da rede de atenção à saúde voltada aos usuários, com a criação da rede de atendimento Conte com a Gente. Além disso, serão criadas enfermarias especializadas nos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS), com investimentos de R$ 670,6 milhões para a criação de 2.462 leitos destinados ao tratamento de usuários de droga.

No eixo Autoridade, o foco é a integração das ações de inteligência e cooperação entre Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e polícias estaduais, além da realização de policiamento ostensivo nos pontos de uso de drogas nas cidades e da revitalização desses espaços. As ações policiais irão se concentrar em duas frentes: nas fronteiras e nas áreas de uso de drogas, nos centros consumidores. Serão intensificadas as ações de inteligência e de investigação para identificar e prender traficantes, bem como desarticular organizações criminosas que atuam no tráfico de drogas ilícitas.

Outra ação inserida no eixo Autoridade será o envio, nesta segunda-feira, ao Congresso Nacional, de projeto de lei que altera o Código de Processo Penal, para acelerar a destruição de entorpecentes apreendidos pela polícia e agilizar o leilão de bens utilizados no tráfico de drogas. A presidenta Dilma Rousseff assina ainda Medida Provisória que institui o Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas (Sinesp).

Paralelamente, o eixo Prevenção prevê ações nas escolas, nas comunidades e junto à população em geral, para esclarecer e alertar sobre o problema. O Programa de Prevenção do Uso de Drogas na Escola deve capacitar 210 mil educadores e 3,3 mil policiais militares do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) para a prevenção do uso de drogas em 42 mil escolas públicas. Estima-se que serão beneficiados 2,8 milhões de alunos/ano.

O atendimento telefônico gratuito de orientação e informação sobre drogas VivaVoz passará de 0800 para o número de três dígitos 132, a fim de facilitar o acesso do cidadão ao serviço. Além disso, o Portal Enfrentando o Crack, que reúne informações sobre o tema, está disponível no endereço eletrônico www.brasil.gov.br/crackepossivelvencer

 

Mais informações
Assessoria de imprensa
Ministério da Saúde (61) 3315-3580
Ministério da Justiça – (61) 2025-3315

registrado em:
Assunto(s): Governo federal