Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Releases > Em Porto Alegre, Presidenta Dilma lança o Rede Brasil Rural e entrega retroescavadeiras para a recuperação de estradas vicinais

Em Porto Alegre, Presidenta Dilma lança o Rede Brasil Rural e entrega retroescavadeiras para a recuperação de estradas vicinais

por Portal do Planalto publicado 12/12/2011 19h09, última modificação 21/10/2013 17h06
Presidenta Dilma Rousseff lança a Rede Brasil Rural, em Porto Alegre (RS). Na mesma cerimônia, serão entregues máquinas retroescavadeiras a 126 prefeituras do Rio Grande do Sul, ação da segunda etapa do PAC 2

 

Nesta terça-feira (13/12), a presidenta da República, Dilma Rousseff, lança a Rede Brasil Rural, em Porto Alegre (RS). Na mesma cerimônia, serão entregues 114 máquinas retroescavadeiras a 126 prefeituras do Rio Grande do Sul, ação da segunda etapa do PAC 2. A cerimônia acontece às 16h15, no Cais do Porto.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a Rede Brasil Rural é uma ferramenta virtual que visa facilitar o contato entre as cooperativas de produtores rurais e os fornecedores de insumos, da logística de transporte e dos consumidores públicos e privados.

Inicialmente, cerca de 1,6 mil cooperativas terão acesso à Rede, beneficiando cerca de 200 mil agricultores que poderão comprar e vender produtos por meio do Armazém Virtual da Agricultura Familiar. No catálogo, serão comercializados diversos tipos de produtos - de cachaças orgânicas a embutidos artesanais, além de queijos, sucos, vinhos, artesanatos, cosméticos, entre outros. Por meio da ferramenta, essas mercadorias poderão ser negociadas no atacado, diretamente com o produtor. Além disso, visando solucionar o problema dos elevados preços dos fretes, o comércio realizado por meio do Armazém Virtual vai permitir que o deslocamento das cargas seja planejado, com cotação de transporte e possibilidade de fretamento conjunto entre as cooperativas participantes.

Outro benefício da Rede é o acesso dos produtores rurais aos editais relativos às demandas de merendas da sua região, que serão divulgados pela Rede e permitirão que os interessados encaminhem suas propostas aos demandantes. De acordo com o MDA, apenas em 2011, o setor pode faturar R$ 930 milhões na oferta de alimentos para os 45,6 milhões de estudantes da educação básica das escolas públicas estaduais e municipais e filantrópicas.

As compras efetuadas pelos produtores da Rede Brasil Rural serão financiadas pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES), que disponibilizará limite de negociação de até R$ 1 milhão por cartão, com opção de cinco cartões por cooperativa, financiamento de 3 a 48 parcelas e taxas de juros pré-fixadas no ato da compra. Com essa parceria, as cooperativas poderão solicitar financiamento para as áreas de soluções de internet, comunicação visual, reciclagem logística e armazenagem, entre outros.

De acordo com o MDA, atualmente, a agricultura familiar é responsável por 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros – mandioca, feijão, milho, café, arroz, leite, plantel de suínos e de aves, trigo e bovinos. São considerados agricultores familiares aqueles que praticam atividades ou possuem empreendimentos no meio rural, em áreas de até quatro módulos fiscais, utilizando, predominantemente, mão de obra da própria família em suas atividades econômicas, abrangendo ainda os silvicultores, aquicultores, extrativistas e pescadores.

MÁQUINAS DO PAC 2 – Na mesma ocasião, a Presidenta Dilma entregará 114 máquinas retroescavadeiras para a recuperação de estradas vicinais a 126 municípios do Rio Grande do Sul.

Segundo o MDA, a recuperação e manutenção permanente das estradas vicinais fortalece a agricultura familiar, permitindo assim o escoamento de sua produção. Com um investimento de R$ 1,8 bilhão, a previsão é de que, até junho de 2012, 1.299 municípios sejam beneficiados com retroescavadeiras em todo o Brasil.

 

Mais informações
Assessoria de imprensa
Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA (61) 2020-0233