Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Releases > Em Manaus, Presidenta Dilma lança a campanha de combate ao câncer de mama e colo do útero

Em Manaus, Presidenta Dilma lança a campanha de combate ao câncer de mama e colo do útero

por Portal do Planalto publicado 29/06/2011 14h09, última modificação 21/10/2013 17h06
Presidenta Dilma Rousseff lança Programa de Fortalecimento da Rede de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Colo do Útero e de Mama

Nesta terça-feira (22/03), a presidenta da República, Dilma Rousseff, participa do lançamento do Programa de Fortalecimento da Rede de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Colo do Útero e de Mama. O lançamento do Programa, que faz parte da Política Nacional de Atenção Oncológica, acontecerá às 11h30 no Teatro Amazonas, em Manaus (AM).

Segundo o Ministério da Saúde, a Política Nacional de Atenção Oncológica apresenta uma série de ações para o período 2011-2014, com investimentos previstos de aproximadamente R$ 4,5 bilhões, divididos em quatro segmentos: Programa Nacional de Controle do Câncer de Colo do Útero (R$ 382,4 milhões); Programa Nacional de Controle do Câncer de Mama (R$ 867,3 milhões); Ampliação e fortalecimento da rede oncológica (R$ 3,2 bilhões); e Informação à população (R$ 24 milhões).

Programa Nacional de Controle do Câncer de Mama: Ainda de acordo com o MS, o câncer de mama é o tipo de câncer que mais causa mortes entre a população feminina. Por isso, um dos objetivos do Programa é garantir a ampliação do acesso aos exames de rastreamento do câncer de mama com qualidade a todas as mulheres com idade entre 50 e 69 anos (população-alvo). Além disso, o Programa pretende qualificar toda a rede de atenção para o controle do câncer de mama; disseminar informações sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama; garantir a manutenção dos equipamentos de exames para a integral assistência às mulheres; reduzir o tempo entre o diagnóstico e o tratamento da doença; e fortalecer o controle social das ações.

Até 2014, o Programa Nacional de Controle do Câncer de Mama pretende ampliar a cobertura de mamografia na população-alvo; aumentar o percentual de mamografias em conformidade com os parâmetros e aumentar a proporção de mulheres diagnosticadas com câncer que iniciam o tratamento em, no máximo, 60 dias. De acordo com o MS, para ampliação e adequação de 50 Centros de Referência para confirmação do diagnóstico serão investidos cerca de R$ 81,2 milhões nos próximos quatro anos. A expectativa do governo é que todas essas ações beneficiem 3,8 milhões de mulheres anualmente.

Programa Nacional de Controle do Câncer de Colo do Útero: Para prevenir e combater a incidência de câncer de colo de útero, quarta modalidade de câncer que mais mata as mulheres, o programa visa ampliar a oferta de ações de rastreamento/prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de colo do útero, proporcionando assistência integral e imediata às mulheres.

O Programa foi dividido em seis ações específicas no segmento de prevenção, diagnóstico e tratamento da doença: mudança no modelo de financiamento dos exames de rastreamento (citopatológicos) do câncer do colo do útero; aumento no controle de qualidade dos exames citopatológicos em todos os laboratórios; estabelecer linhas de financiamento para estruturação de laboratórios de citopatologia nas regiões Norte e Nordeste, em parceria com os respectivos estados; ampliação da rede especializada; capacitação e qualificação profissional para a execução das ações de rastreamento do câncer de colo do útero; e a capacitação dos serviços de saúde de referência para o diagnóstico e tratamento adequado das lesões precursoras (anomalias que evoluem para o câncer).

Segundo o Ministério da Saúde, a estimativa de incidência do câncer de colo do útero na Região Norte é de 39,6 casos por 100 mil mulheres, mais que o dobro da média nacional (18), sendo o tipo de câncer mais frequente, com 24,3% de todos os casos de câncer nas mulheres.

Mais informações
Assessoria de imprensa
Ministério da Saúde (61) 3315-3580