Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Notas Oficiais > Nota da Presidenta da República, Dilma Rousseff, à imprensa sobre os vinte anos de assinatura do Tratado de Assunção

Nota da Presidenta da República, Dilma Rousseff, à imprensa sobre os vinte anos de assinatura do Tratado de Assunção

por Portal do Planalto publicado 29/06/2011 15h48, última modificação 21/03/2014 16h05
Nos vinte anos de assinatura do Tratado de Assunção a Presidenta reafirma o interesse prioritário do Brasil no fortalecimento do Mercosul e no aprofundamento da integração sul-americana

Estamos comemorando neste sábado, dia 26, os vinte anos da assinatura do Tratado de Assunção, que criou o Mercado Comum do Sul. Em 26 de março de 1991, Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai decidiram se unir em torno de um projeto de integração regional, o Mercosul, baseado na criação de uma união aduaneira e na maior coordenação de políticas comerciais e econômicas.

O Mercosul acumulou, ao longo dos últimos vinte anos, muitos e significativos progressos, que transcendem a área econômico-comercial e se estendem às esferas social, cultural e política.

O Protocolo de Ouro Preto, adotado em 1994, permitiu o aperfeiçoamento das estruturas institucionais do bloco. A constituição do Fundo para a Convergência Estrutural (FOCEM), destinado a corrigir as assimetrias entre os Estados-Partes, é um elemento-chave para o êxito dos objetivos de integração do Mercosul. A associação de Bolívia, Chile, Peru, Colômbia e Equador ao Mercosul e a perspectiva de próxima conclusão do processo de incorporação da Venezuela como membro pleno são importantes fatores de enriquecimento de nosso projeto.

No aniversário de vinte anos do Tratado de Assunção, tenho a satisfação de reafirmar o interesse prioritário do Brasil no contínuo fortalecimento do Mercosul e no aprofundamento crescente da integração regional sul-americana.

Dilma Rousseff

 

Presidenta da República Federativa do Brasil