Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Notas Oficiais > MRE divulga nota informativa sobre a visita do Presidente da Venezuela ao Brasil

MRE divulga nota informativa sobre a visita do Presidente da Venezuela ao Brasil

por Portal do Planalto publicado 28/06/2011 15h49, última modificação 21/03/2014 15h59
Hugo Chávez vem ao Brasil para conversar sobre iniciativas de cooperação bilateral, em especial a integração fronteiriça

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) divulgou a Nota à Imprensa nº 217, com informações sobre a visita do Presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ao Brasil. Leia abaixo a íntegra da Nota.

A convite da Presidenta Dilma Rousseff, o Presidente da Venezuela, Hugo Chávez, realizará visita ao Brasil, no dia 6 de junho.

O encontro entre a Presidenta Dilma Rousseff e o Presidente Hugo Chávez será oportunidade para lançar novas iniciativas de cooperação bilateral, com atenção especial para a integração fronteiriça.

Brasil e Venezuela estabeleceram parceria estratégica em 2005, no âmbito da qual desenvolveram-se iniciativas inovadoras nas áreas de planejamento econômico, desenvolvimento regional, cooperação industrial, produção agropecuária, gestão de crises de abastecimento, habitação e financiamento habitacional, e acesso a serviços bancários.

A Venezuela e a região Norte do Brasil têm economias complementares. Existe grande potencial para o desenvolvimento de iniciativas de integração fronteiriça, com benefícios para as populações dos dois países. Já se encontram em operação a extensão da rede de fibra ótica venezuelana ao território brasileiro, que tem permitido acesso a conexões de alta velocidade em Roraima e no Amazonas; e a linha de transmissão proveniente da hidrelétrica de Gúri, que fornece quase 90% da eletricidade consumida em Roraima. Agências da Caixa Econômica Federal e do Banco da Venezuela foram abertas na região fronteiriça, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de pequenos negócios e do comércio exterior. A Venezuela adotou o padrão nipo-brasileiro de TV Digital.

O encontro presidencial ocorre em momento de recuperação do comércio bilateral - após a retração, em 2009, em conseqüência da crise econômica mundial. Em 2010, o comércio bilateral totalizou US$ 4,6 bilhões (aumento de 11,8% em relação a 2009). As exportações brasileiras alcançaram US$ 3,8 bilhões(aumento de 6,7%), ao passo que as importações provenientes da Venezuela somaram US$ 832 milhões (incremento de 43,2%), com superávit de US$3 bilhões em favor do Brasil. Nos quatro primeiros meses de 2011, a corrente de comércio já superou US$ 1,5 bilhão, dos quais mais de US$ 1 bilhão correspondem a exportações do Brasil.

O Brasil tem investimentos na Venezuela nas áreas de infraestrutura (hidrelétricas, estradas, metrô), siderurgia, petroquímica, construção naval e indústria de processamento de alimentos.

Mais informações www.mre.gov.br