Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Notas Oficiais > MRE divulga nota informativa sobre a participação da Presidenta Dilma Rousseff no Jubileu de Ouro da União Africana

MRE divulga nota informativa sobre a participação da Presidenta Dilma Rousseff no Jubileu de Ouro da União Africana

por Portal do Planalto publicado 27/05/2013 09h10, última modificação 21/03/2014 16h21
A União Africana, criada em 25 de maio de 1963, sob o nome original de Organização da Unidade Africana, assumiu papel de crescente importância na busca de soluções africanas para questões do próprio continente, assim como no processo de progressiva democratização e fortalecimento institucional da região

 

 

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) divulgou a nota à imprensa nº 172, com informações sobre a participação da Presidenta Dilma Rousseff no Jubileu de Ouro da União Africana, em Adis Abeba. Leia abaixo a íntegra da nota.

A Presidenta Dilma Rousseff participará, em 25 de maio, como convidada especial, em Adis Abeba, da comemoração do Jubileu de Ouro da União Africana. A Presidenta da República será recebida pelo atual Presidente da organização, o Primeiro-Ministro da Etiópia, Hailemariam Desalegn.

A União Africana, criada em 25 de maio de 1963, sob o nome original de Organização da Unidade Africana, assumiu papel de crescente importância na busca de soluções africanas para questões do próprio continente, assim como no processo de progressiva democratização e fortalecimento institucional da região. As relações do Brasil com a África se expandiram substancialmente, na última década, com a abertura ou reativação de 19 das 37 Embaixadas brasileiras no continente e a instalação de 18 novas Embaixadas africanas no Brasil. Brasília é a capital latino-americana com o maior número de Embaixadas de países africanos.

O Brasil trabalha em conjunto com as nações africanas em áreas como saúde, agricultura, energia e infraestrutura, com projetos de cooperação técnica em 40 países do continente e a presença cada vez maior de investimentos privados.

O continente africano tem apresentado nos últimos anos crescimento econômico acima da média mundial, criando oportunidades para o desenvolvimento sustentável de seus países.

O intercâmbio comercial entre Brasil e África cresceu cinco vezes nos últimos dez anos, evoluindo de US$ 5 bilhões, em 2002, para US$ 26,5 bilhões, em 2012.

 

Mais informações www.mre.gov.br