Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Entrevistas > Entrevista exclusiva concedida por escrito pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, ao jornal A Cidade, de Ribeirão Preto-SP

Entrevista exclusiva concedida por escrito pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, ao jornal A Cidade, de Ribeirão Preto-SP

por Portal do Planalto publicado 23/08/2013 08h46, última modificação 04/07/2014 12h44

Publicada na edição de 17 de agosto de 2013


Jornalista: A senhora acredita que o Congresso conseguirá resolver a questão da reforma política já para 2014?

Presidenta: Sou otimista, acredito que sim. A reivindicação pela mudança no nosso sistema político foi externada pelos jovens nas manifestações de junho passado, mas essa é basicamente uma reivindicação de toda a  sociedade. É, principalmente, um pedido para melhorarmos nosso sistema de representação política. Entre os cinco pactos que propus como resposta dos governantes às manifestações nas ruas está a proposta de realização de uma reforma política, antecedida por um plebiscito. A  mudança no sistema político tem que ser feita com participação popular. O povo tem o direito de dizer o que espera dessa reforma para que as nossas instituições políticas sejam cada vez mais sensíveis às demandas da sociedade, cada vez mais representativas da vontade popular.   Consultar o povo é democrático e nunca é demais.

Jornalista: Como a senhora vê a candidatura do ministro da Saúde Alexandre Padilha para o Governo do Estado e já pensa em uma reforma ministerial por conta das eleições?

Presidenta: Eu não estou pensando em eleições. Eu tenho mandato de presidenta da República e dedico todo o meu tempo a governar.  Quem está pensando em eleição é quem quer o meu lugar. Eu não, tenho que governar. Nós mudamos o Brasil e precisamos continuar avançando, o povo espera muito de nós. Tanto eu quanto os meus ministros estamos totalmente focados em obter resultados que melhorem a qualidade de vida do nosso povo. Eleição é só em 2014.

Jornalista: Está prevista a liberação de verbas para Ribeirão Preto e região?

Presidenta: Olha, Ribeirão Preto e região são muito beneficiadas por diversas políticas públicas adotadas pelo governo federal. Todos esses investimentos em logística e energia, como o etanolduto que inauguramos nesta segunda-feira, todas as ações para a valorização do setor sucro-alcooleiro e para o fortalecimento da agricultura, são ações que trazem mais investimentos para a região.  Mas temos também realizado investimentos específicos na cidade, como os R$ 71 milhões que destinamos para  drenagem na região da avenida Jerônimo Gonçalves, que sofria com problemas sérios de alagamento. Isso foi importante para muitas famílias que viviam ali e tinham suas casas invadidas pela água quando chovia muito. Quando cheguei a Ribeirão, na segunda-feira, fui recebida com muito carinho por um grupo de moradores que foi agradecer por ter sido beneficiado pela obra. Agora, essas pessoas não sofrem mais com o problema das enchentes. Além disso, temos em andamento uma outra parceria muito importante com o município, que prevê investimentos de  R$ 279 milhões para obras de  mobilidade urbana para integrar o sistema de transporte público e melhorar a qualidade de vida da população.  Desde março, nossos técnicos estão trabalhando para tornar realidade essa parceria, para que as obras comecem no início de 2014. Entre as obras que sairão deste projeto, está a construção de 56 km de corredores de transporte público coletivo no eixo Norte, nas avenidas Brasil e  Paschoal Innechi; no eixo Sul, nas avenidas Independência e Presidente Vargas; no eixo Leste, na rodovia Castelo Branco e na avenida Nove de Julho; e, no eixo Oeste, na avenida Pedro I e na avenida do Café.  Além disso, vão ser construídos dois terminais no centro da cidade e uma estação central, a Estação Catedral. Também serão construídas oito estações de transferência e mini-terminais em vários bairros.

 

registrado em: ,
Assunto(s): Governo federal