Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Entrevistas > Entrevista telefônica concedida à agência Broadcast pelo Presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, durante V Cúpula dos Brics - Durban/África do Sul

Entrevista telefônica concedida à agência Broadcast pelo Presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, durante V Cúpula dos Brics - Durban/África do Sul

por Portal do Planalto publicado 27/03/2013 17h25, última modificação 04/07/2014 12h44

Durban-África do Sul, 27 de março de 2013

 

Alexandre Tombini: Então, qualquer implicação da fala dela hoje, de que há tolerância com a inflação, é uma interpretação equivocada, certo? Ela mencionou que não vai... que o governo dela não sacrificará o crescimento para colocar a inflação no lugar dela, porque isso não é necessário. Então, qualquer implicação na fala dela sobre uma tolerância da administração com relação à inflação é totalmente equivocada. Ela me pediu, inclusive, que fizesse esse esclarecimento que eu estou fazendo, como disse, por meio desse canal.

Em relação à política monetária, está certo? Em relação à política monetária, ela não fez qualquer referência a isso. O que eu posso assegurar a vocês é que quando, se e quando, for preciso usar o instrumento de política monetária para o controle da inflação, isso ocorrerá. Mas o propósito dessa minha declaração para a broadcast e para O Estado é justamente desfazer qualquer mal-entendido que decorre da fala dela de hoje, sobre uma possível, digamos assim, tolerância com a inflação, algum tipo de tolerância do governo em relação à inflação.

Então, era essa a mensagem que eu queria passar, enfim, aí vocês...

 

Jornalista: (inaudível)

 

Alexandre Tombini: Não, eu não vou fazer, Caminoto, qualquer declaração sobre política monetária, a não ser essa que eu acabei de fazer, ou seja,  quando, e se for preciso, o Banco Central usará o instrumento como eu tenho de resto falado isso inúmeras vezes nas últimas três ou quatro últimas semanas. O que ela me pediu para esclarecer com os senhores é que em nenhum momento, ela se referiu, nas palavras dela tinha qualquer sentimento de tolerância com relação à inflação. E não havia uma referência à política monetária, ok?

 

Jornalista: (Inaudível)

 

Alexandre Tombini: Não, não. Inflação fala a equipe econômica: Banco Central, Fazenda. Em relação à política de juros, fala o Banco Central.

 

Jornalista: (Inaudível)

 

Alexandre Tombini: Não, não, eu não vou ter... perdão, Ricardo... Caminoto, eu não vou entrar em considerações sobre julgamentos sobre inflação, está certo? Além dos que eu já faço periodicamente, não é? Era só essa a mensagem da parte dela, de minha parte... Não, acho que é isso mesmo, quer dizer então ela pede que para que esse mal entendido seja desfeito, ou seja, não há qualquer tolerância do governo em relação à inflação e no que cabe ao Banco Central, o Banco Central sempre e quando houver necessidade de usar os seus instrumentos, assim o fará. Ok?

 

Ouça a íntegra da entrevista (03min45s) do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

registrado em: ,
Assunto(s): Governo federal