Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Entrevistas > Entrevista coletiva concedida pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, após visita às obras da P-74 no Estaleiro Inhaúma

Entrevista coletiva concedida pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, após visita às obras da P-74 no Estaleiro Inhaúma

por Portal do Planalto publicado 11/09/2013 18h25, última modificação 04/07/2014 12h48

 

Rio de Janeiro-RJ, 11 de setembro de 2013


Presidenta: Eu quero dizer para vocês que eu sempre que venho aqui e vejo o estaleiro, eu me comovo muito. Sabem por que eu me comovo? Porque em 2003 diziam para nós que o Brasil não ia ter estaleiro, que a gente não tinha competência para construir estaleiro, que a gente tinha perdido a capacidade de engenharia, que nem casco de plataforma a gente era capaz de fazer. E aí nós lutamos por isso.
Eu quero dizer para vocês que eu me sinto extremamente realizada. Tanto porque fui ministra no governo do presidente Lula como porque hoje sou presidente e consegui, e sei que eu contribuí para que a indústria naval, neste país, renascesse. Eu sei que eu contribuí porque nós acreditamos, nós acreditamos que o Brasil tinha capacidade de construir plataforma, sonda, equipamentos e, portanto, o Brasil sempre estaria protegido da maldição do petróleo, que é: país rico, nação e povo pobre. Isso não vai acontecer aqui.
O pré-sal, o pré-sal, pode ter certeza, o pré-sal será um instrumento e um passaporte para o futuro, porque tem indústria naval e porque também nós destinamos os royalties e metade do fundo social para a educação.
Então, eu acho que todos nós, governo, sociedade, trabalhador, empresários, porque também muita oportunidade para os empresários brasileiros, para as empresas. Eu não estou dizendo as empresas... até as empresas de origem internacional que quiserem produzir e trabalhar no Brasil.
Eu peço desculpa, mas eu não consigo... eu gastei...

Jornalista: A senhora pode comentar sobre a espionagem dos americanos à Petrobras?

Presidenta: Querida, eu vou esperar agora a resposta do governo. A hora que vier uma resposta do governo eu falo com vocês. Um abraço e um beijo, porque a minha voz vai indo e os próprios jornalistas estão reconhecendo que ela não está boa.

Jornalista: A viagem está mantida para os Estados Unidos?

Presidenta: Minha querida, eu vou... outro dia me perguntaram se eu ia para os Estados Unidos. Dia 23 eu abro a Assembleia Geral da ONU. Um beijo. Tchau, gente.

 

Ouça a íntegra (02min27s) da entrevista da Presidenta Dilma

 

 

registrado em: ,
Assunto(s): Governo federal