Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Entrevistas > Entrevista coletiva concedida pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, após vacinação contra a gripe

Entrevista coletiva concedida pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, após vacinação contra a gripe

por Portal do Planalto publicado 25/04/2011 16h50, última modificação 04/07/2014 11h34
Presidenta Dilma fala sobre a importância da vacinação contra a gripe e sobre o combate à inflação

Palácio do Planalto, 25 de abril de 2011


Jornalista: Presidenta, vamos falar...


Presidenta: A minha palavra...

 

Jornalista: ...sobre a vacina, sobre a vacina.

 

Presidenta: A vacina é uma coisa fundamental para as pessoas: protege, impede que você possa ter alguma coisa de grande complicação, como pneumonia, e tem um lado da vacina que é muito importante, que é o fato de que o nosso país, na área de vacina, tem uma grande tradição de imunização.

A gripe, nós antes estávamos vacinando obrigatoriamente os acima de 60 [anos] e as populações indígenas. Agora as crianças, também, de seis meses a dois anos, e também – o que é importante – as mulheres grávidas.

 

Jornalista: Vai ter vacina para todo mundo, Presidenta?


Presidenta: Vai, vai ter para todo mundo. Calcula-se que dê mais... 32, não é? Em torno de 30 milhões de pessoas que vão ser vacinadas nesse processo.

Então, eu faço um apelo para as mães de crianças de dois a seis... de seis [meses] a dois anos e para as grávidas: não deixem de se vacinar. E para as pessoas acima de 60 anos. Eu estou na categoria “acima de 60 anos”. Agora a gente estava investigando ali quais eram as categorias dos fotógrafos, não é?

 

Jornalista: E tem muita gente, Presidente, [que] já passou dos 30 [anos] aí, viu?

 

Presidenta: Pois é. Houve uma negativa generalizada.

 

Jornalista: Ninguém precisa tomar a vacina.

 

Presidenta: Não, ninguém.

 

Jornalista: E qual é a importância... (incompreensível)

 

Presidenta: Ah, minha querida, sinto muito.

 

Jornalista: Presidenta, doeu? A vacina dói? (incompreensível)?

 

Presidenta: Não, a aplicação é rápida, não dói, é uma coisa muito tranquila. Eu sugiro que todo mundo que está enquadrado nessa questão da vacina – eu vou repetir, hein? –, os acima de 60 [anos], os índios, as mulheres grávidas e as crianças de seis meses a dois anos.

 

Jornalista: Presidente... e a questão da inflação, Presidenta? Há uma preocupação do governo...

 

Presidenta: Nós temos imensa preocupação com a inflação.

 

Jornalista: As medidas que o governo...

 

Presidenta: Eu volto só para falar isso. Não haverá hipótese alguma de que o governo se desmobilize diante da inflação. Todas as nossas atenções vão estar voltadas para um combate acirrado à inflação.

 

Jornalista: Novas medidas, Presidente?


Jornalista: Obrigado, Presidente. Feliz Páscoa!

 

Ouça a íntegra da entrevista (02min26s) da presidenta Dilma.