Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Entrevistas > Entrevista coletiva concedida pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, após sobrevoo das áreas atingidas pelas enchentes no estado do Acre - Rio Branco/AC

Entrevista coletiva concedida pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, após sobrevoo das áreas atingidas pelas enchentes no estado do Acre - Rio Branco/AC

por Portal Planalto publicado 15/03/2014 16h15, última modificação 04/07/2014 12h51

Rio Branco-AC, 15 de março de 2014

 

Presidenta: ...quadro tão crítico como o que ocorreu aqui e ainda está ocorrendo. Isso se deve a políticas adequadas feitas aqui pelo governador, e eu queria destacar, sobretudo - por isso vou dar uma passada lá – o Minha Casa, Minha Vida porque retirou muitas pessoas de zonas de risco e deu a elas uma alternativa habitacional de qualidade. Também fiquei encantada – só entre parêntese aqui, com as casas indígenas. Vou te falar, governador, eu vou fazer daquilo um padrão do Minha Casa, Minha Vida... são lindas, lindas, mesmo e muito específicas.

Bom, além disso, eu queria dizer para vocês que nós estamos muito preocupados, mantivemos sempre a ponte aérea que a Aeronáutica Brasileira, as Forças Armadas Brasileiras garantiram aqui para a região, nós queremos mantê-la enquanto for necessário, mas, também, estamos procurando construir outras rotas alternativas. Do ponto de vista da questão propriamente de defesa civil, nós estamos focando nisso: garantir que haja a reintegração por terra ou por hidrovia do Acre com o resto do Brasil uma vez que tem BRs que tem três metros, dois metros de água e que impede a passagem de caminhões, em outros momentos... em alguns momentos se segue interrompido, em outros momentos voltam. Nós estamos buscando alternativas até que essa situação seja superada.

Agora, de outra parte, eu fico muito feliz de estar aqui, o governador é um grande parceiro do governo federal. Nós, nessa hora, mantemos integral a parceria com o governador em todas as três linhas de ação que nós temos: tanto a linha de assistência e resgate de pessoas, e assistência dos desabrigados, dos desalojados. Segundo, a questão da reconstrução depois, e eu acho que aqui tem a maior prova que essa cidade é do povo, com o Minha Casa, Minha Vida. E, terceiro, com qualquer ação estruturante que melhore a nossa convivência com a chuva. Porque a chuva, a gente não acaba com ela, a gente convive. E temos que nos capacitar cada vez melhor para conviver de forma cada vez mais efetiva com a chuva.

 

 

registrado em: ,