Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Entrevistas > Entrevista coletiva concedida pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, após a cerimônia de lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2015/2016 - Brasília/DF

Entrevista coletiva concedida pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, após a cerimônia de lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2015/2016 - Brasília/DF

por Portal Planalto publicado 02/06/2015 16h35, última modificação 02/06/2015 16h35

Palácio do Planalto, 02 de junho de 2015

 

 

Presidenta: Oi, você está bom?

 

Jornalista: Estou ótimo, a senhora está boa também?

 

Presidenta: Bom, eu queria destacar, obviamente, o Plano Safra da Agricultura e da Pecuária. Nós fizemos um grande esforço. Esse esforço que nós fizemos, é no sentido de assegurar que, simultaneamente a essa ação que nós temos levado a cabo, de ajustes, nós tenhamos também uma agenda de futuro. Esse Plano Safra ele é um dos pontos fundamentais na agenda de futuro. Com ele nós mantemos a política de sustentação e expansão da agricultura brasileira, das nossas exportações, nós continuamos privilegiando a agricultura de baixo carbono, principalmente porque esse é o nosso diferencial: agricultura de baixo carbono é uma coisa importante, porque significa que nós, em sendo maiores produtores ou um dos maiores produtores de alimentos e proteínas do mundo, somos capazes também de fazer, de forma sustentável, essa produção. Além disso - muito importante - mantivemos os recursos para o médio produtor, porque queremos reforçar a existência de uma classe média rural.

Vamos também, manter o seguro agrícola, todas as linhas específicas de crédito. É óbvio que reajustamos os juros. Porque isso significa reajustar os juros à nova realidade que o país está passando. E, finalmente, nós iremos também lançar na próxima, não é na próxima semana, nós iremos lançar no dia 15, o Plano Safra da Agricultura Familiar para o pequeno produtor. Também estamos fazendo enorme esforço no sentido de assegurar que esse plano seja um plano que mantenha o crescimento da agricultura familiar no nosso país. Mas aí, eu vou falar isso quando ocorrer. O Plano de Concessão nós pretendemos lançar dia 9, que é uma terça-feira se não me engano.

 

Jornalista: Presidente, a Lei das Estatais… Os presidentes da Câmara e do Senado estão pedindo a aprovação pelo Congresso, estão trabalhando pela aprovação da Lei das Estatais, que tira poder do presidente da República (incompreensível)

 

Presidenta: Tânia, vamos fazer uma coisa, Tânia? Não nos precipitemos, vamos avaliar. Todos os Poderes no Brasil têm de ser respeitados: a autonomia do Legislativo, a autonomia e a independência de todos Poderes: Legislativo, o Judiciário e o Executivo.

 

Jornalista: (Incompreensível)

 

Presidenta: Eu gostaria de dizer que nós consideramos que a nomeação de estatais, de ministérios e de autarquias é prerrogativa do Executivo. No mais, eu agradeço a atenção dos senhores. Vocês hoje, de manhã cedo, me acompanharam.

 

Jornalista: (Incompreensível)

 

Presidenta: Agora eu vou me despedir, porque se eu falar muito vocês botam todos os outros assuntos, e não o assunto que eu acabei de lançar. Estou ficando esperta. Estou ficando esperta, muito esperta. Tchau para vocês.

 

Jornalista: Obrigada, Presidenta.

 

Ouça a íntegra(03min46s) da entrevista da Presidenta Dilma