Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Palavras da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante o velório do governador de Sergipe, Marcelo Déda - Aracaju/SE

Palavras da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante o velório do governador de Sergipe, Marcelo Déda - Aracaju/SE

por Portal Planalto publicado 02/12/2013 23h20, última modificação 04/07/2014 20h20

 

Aracaju-SE, 02 de dezembro de 2013

  

Um grande homem que tinha uma forte ética e perseguia a construção de um país melhor. Além disso, o Déda era um poeta e, como poeta, viveu o nosso país em todas as suas dimensões, com um grande sofrimento diante da desigualdade, mas, também, diante das interrogações que nós, homens e mulheres, temos diante da vida.

Além disso, além de ser um grande poeta, foi um dos mais brilhantes oradores que nós conhecemos. E foi também um político do P maiúsculo, escreveu a política com grande qualidade, em todos os momentos da sua vida, se dedicou aos mais pobres, lutou para transformar o nosso país. E eu acredito que todos nós levaremos o Déda na nossa memória, tanto na nossa alma como nos nossos corações.

Ele nos deu uma mensagem que nós carregamos para a vida, uma mensagem de que atravessar a vida com o espírito lutador, guerreiro, humanista e amigo do Déda e, ao mesmo tempo, com a imensa alegria que ele tinha, é algo que comoverá e deixará nos nossos corações um vazio, mas, ao mesmo tempo, nós temos o exemplo dele a seguir.

Eu queria saudar a família, saudar o amor que eu presenciei entre ele e a Eliane, pelas filhas e pelos dois meninos, em especial pelo Mateus.

Um beijo, Eliane!

 

Ouça a íntegra (02min09s) das palavras da Presidenta Dilma