Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Mensagem da Presidenta da República, Dilma Rousseff, por ocasião da comemoração do Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo e da imposição da Comenda da Ordem do Mérito Naval

Mensagem da Presidenta da República, Dilma Rousseff, por ocasião da comemoração do Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo e da imposição da Comenda da Ordem do Mérito Naval

por Portal do Planalto publicado 11/06/2012 17h46, última modificação 04/07/2014 20h11

 

Grupamento dos Fuzileiros Navais - Brasília-DF, 11 de junho de 2012

 

A Marinha do Brasil celebra, uma vez mais, sua Data Magna, que nos evoca a Batalha Naval do Riachuelo, decisiva na campanha que culminou na vitória da Tríplice Aliança. O desenrolar da Batalha registrou feitos memoráveis, que se imortalizaram na memória de nossa nação.

Os heróis de Riachuelo cumpriram sua missão dando claras demonstrações de profissionalismo e bravura. Exemplos de qualidades próprias do povo brasileiro, como a capacidade de superação e a persistência, esses heróis escreveram, com amor à pátria, uma página de nossa história.

A Marinha do Brasil tem honrado esta história. A atuação desta Força no apoio às ações de segurança pública no estado do Rio de Janeiro, em operações de defesa civil em diversos episódios de calamidade ambiental, nos contingentes de apoio à paz no Haiti e no Líbano e na assistência às populações ribeirinhas do Norte e do Centro-Oeste, por meio dos navios-hospitais, carinhosamente conhecidos como “Navios da Esperança”, são excelentes exemplos.

Em especial porque desempenhadas sem prejuízo das atribuições de vigilância e proteção de nossas águas jurisdicionais, da “Amazônia Azul” e das extensas malhas hidroviárias das bacias dos rios Amazonas e Paraguai-Paraná, às quais nossos marinheiros e fuzileiros navais têm se dedicado com absoluto comprometimento.

Somos um país que defende a paz, que respeita a soberania das demais nações e que vive em harmonia com seus vizinhos há mais de 140 anos. Na atual ordem global, vimos assumindo uma posição político-estratégica que impõe ao Brasil novas atribuições e desafios na defesa da paz.

Sabemos que nosso papel na preservação da paz depende da capacidade dissuasória do Brasil. A atuação de nossas Forças Armadas neste processo, seja por meio de missões sob a égide da ONU e da OEA, seja na defesa de nossas fronteiras e de nossa soberania, requer equipamentos de qualidade, prontos a serem utilizados, e pessoal adequadamente preparado e motivado.

Diante dessa realidade, os esforços de reaparelhamento da Marinha são uma exigência estratégica. O avanço do Programa de Desenvolvimento de Submarinos resultará na construção do almejado submarino com propulsão nuclear. Os investimentos que vêm sendo efetuados em novos navios-patrulha propiciarão o aumento da presença do Estado nas águas jurisdicionais, onde se situa a maior parte de nossas reservas de petróleo e gás.

Iniciativas como essas contribuirão para capacitar cada vez mais a Marinha a exercer, com a reconhecida competência, papel central na defesa de nosso país e de nossas riquezas.

Como Grã-Mestra da Ordem do Mérito Naval, cumprimento os agraciados com tão nobre comenda, que representa o reconhecimento pelo muito que já realizaram e pelo que ainda são capazes de fazer por essa exemplar Força e pelo Brasil. Estou segura que todos devem estar muito orgulhosos!

Dirijo-me, por fim, aos integrantes da Marinha, homens e mulheres, militares e funcionários civis, concitando-os a que, espelhados nos exemplos do Almirante Barroso e de tantos heróis de Riachuelo, mantenham a motivação, o profissionalismo e a dedicação. O progresso e o engrandecimento da nossa Marinha são parcela indissociável daquilo que desejamos para o Brasil.

Parabéns pela sua Data Magna!

 

DILMA ROUSSEFF
Presidenta da República Federativa do Brasil