Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, na cerimônia de posse do Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro

Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, na cerimônia de posse do Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro

por Portal do Planalto publicado 23/08/2011 13h38, última modificação 04/07/2014 20h07
Presidenta Dilma destaca, durante discurso na posse de Mendes Ribeiro no Ministério da Agricultura, os avanços do Plano Safra 2011-2012, pela simplificação e desburocratização do acesso ao crédito.

 

Palácio do Planalto, 23 de agosto de 2011

 

Boa tarde a todos.

Queria saudar o vice-presidente da República, Michel Temer,

O presidente do Senado Federal, José Sarney,

O presidente da Câmara dos Deputados, deputado Marco Maia,

Queria saudar o ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, senhor Jorge Mendes Ribeiro Filho,

Queria cumprimentar sua esposa, minha cara Fernanda Nunes Ribeiro,

Dirigir um cumprimento todo especial para a dona Terezinha Mendes Ribeiro, mãe do nosso ministro Mendes Ribeiro,

Cumprimentar o ex-ministro Wagner Rossi,

Cumprimentar também o embaixador da Nova Zelândia no Brasil, embaixador Mark Trainor,

Dirigir um cumprimento aos ministros de Estado: Gleisi Hoffmann, da Casa Civil; José Eduardo Cardozo, da Justiça; embaixador Celso Amorim, da Defesa; embaixador Antonio Patriota, das Relações Exteriores; Paulo Sérgio Passos, dos Transportes; Garibaldi Alves Filho, da Previdência Social; ministra Tereza Campello, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome; ministro Fernando Pimentel, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; ministro Edison Lobão, de Minas e Energia; ministra Miriam Belchior, do Planejamento, Orçamento e Gestão; ministro Aloizio Mercadante, da Ciência e Tecnologia; ministra Izabella Teixeira, do Meio Ambiente; ministro Orlando Silva, do Esporte; Alexandre Navarro, ministro interino da Integração; Afonso Florence, do Desenvolvimento Agrário; Luiz Sérgio, da Pesca; Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral; Luís Inácio Adams, da Advocacia-Geral da União; Jorge Hage, da Controladoria-Geral da União; Ideli Salvatti, das Relações Institucionais; ministro Alexandre Tombini, do Banco Central; ministra Helena Chagas, da Comunicação Social; ministro Wellington Moreira Franco, dos Assuntos Estratégicos; ministra Maria do Rosário, dos Direitos Humanos.

Queria cumprimentar o governador do estado do Mato Grosso, governador Silval Barbosa,

Cumprimentar as senhoras e os senhores senadores aqui presentes: Angela Portela, Casildo Maldaner, Kátia Abreu, Eunício de Oliveira, Renan Calheiros, Valdir Raupp, Waldemir Moka, Wilson Santiago,

Cumprimentar o deputado Cândido Vaccarezza, líder do governo na Câmara, por intermédio de quem cumprimento todos os deputados e todas as deputadas federais aqui presentes,

Senhoras e senhores representantes do setor agropecuário,

Senhoras e senhores profissionais da imprensa,

Senhoras e senhores aqui presentes,

Ministro Mendes Ribeiro, seja bem-vindo ao comando do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Seja bem-vindo à coordenação de uma Pasta que, nos últimos anos, mostrou eficiência, ajudando a fazer do Brasil uma potência agropecuária.

Nos últimos anos, o ex-ministro Wagner Rossi e todos os seus antecessores conduziram a agricultura e a pecuária brasileiras a um dos momentos mais significativos de sua história. Sem dúvida, nesse período, muito foi feito pela agropecuária, e por isso, ex-ministro Wagner Rossi, agradeço sua colaboração.

Ao deixar o meu governo, o ex-ministro Wagner Rossi deixa também uma herança de êxitos e bons resultados, expressa no Plano Agrícola e Pecuário 2011-2012, que irá aplicar um montante de R$ 107,5 bilhões na agropecuária brasileira, na atual safra, volume recorde de recursos. Ex-ministro, mais uma vez, eu agradeço, em nome do governo, sua colaboração.

Quero destacar que o Plano Agrícola e Agropecuário 2011-2012 será agora executado pelo ministro Mendes Ribeiro e eu tenho certeza de que será, Ministro, muito bem executado. Esse Plano Agrícola não tem méritos apenas pelos extraordinários recursos disponibilizados. Eu ainda lembro, no início de 2002... no início de 2003, dos volumes bem menores – mas muito menores mesmo – relativos ao Plano Safra.

Os avanços do Plano... deste Plano Safra 2011-2012, eles envolvem a simplificação e a desburocratização do acesso ao crédito. Passam pelo suporte aos segmentos de grãos, algodão e aos alimentos; passam por mais apoio aos médios produtores, que terão acesso a um volume maior de recursos e em melhores condições. Envolvem também o fortalecimento do programa Agricultura de Baixo Carbono, que oferecerá mais crédito para que todos os produtores adotem regras de convivência ou recuperação ambiental. Passam ainda pela criação de linhas de crédito especiais para plantar e renovar canaviais. Passam pelo suporte à cadeia de produtores da laranja. Passam também pela criação de linhas específicas para que os pecuaristas adquiram matrizes e reprodutores, a fim de aprimorar nosso rebanho.

Este Plano – repito – será executado pelo nosso ministro que hoje toma posse aqui, deputado Mendes Ribeiro, e este Plano faz jus à importância, ao esforço, ao trabalho e à dedicação dos agricultores e pecuaristas deste país.

Hoje o nosso país, o Brasil, é o segundo maior produtor de alimentos do mundo e isso tem um significado estratégico, não só para este ano de 2011-2012, mas para todo o horizonte que nós podemos ver ao longo deste século XXI. Isso é, sem dúvida, uma das características mais estratégicas do nosso país. Nós já somos o terceiro maior exportador de produtos agropecuários. Estamos atrás apenas dos Estados Unidos e da União Europeia. Exportamos sem prejuízo da garantia do acesso à comida abundante, barata e boa para os nossos 190 milhões de brasileiros.

Nosso crescimento no setor agropecuário é movido por uma visão estratégica. Apoiamos o agronegócio, base do mercado de exportação e de uma agroindústria poderosa. Investimos também na agricultura familiar, que produz uma grande parte dos alimentos consumidos no Brasil, distribui renda, resgata milhões de brasileiros da pobreza, promove prosperidade nos municípios do interior, leva conforto ao homem do campo e reduz o êxodo rural.

A agropecuária e a agricultura familiar dão os braços para construir um cenário de prosperidade para o nosso país e para o nosso povo. Sabemos que há ainda muitos desafios a enfrentar. Precisamos fortalecer nossa agricultura para fazer frente ao caráter volátil e, muitas vezes, especulativo dos preços das commodities, fazer face às intempéries, enfim, proteger a nossa agricultura e incentivá-la a ser cada vez mais forte. Devemos lutar nos organismos internacionais contra o protecionismo e as práticas comerciais danosas ao Brasil e devemos assegurar o abastecimento de um mercado interno em crescimento.

Esses desafios, por parte do governo, repousam nos ombros de um grande brasileiro, o deputado Mendes Ribeiro Filho. É o desafio de ajudar a desenvolver este país, de alimentar todos os seus cidadãos, é um desafio colossal e exigirá competência e articulação política, que eu tenho certeza, o nosso Mendes Ribeiro tem todas as condições para cumprir. O seu Ministério, meu caro Mendes Ribeiro, estará na vanguarda desse processo. Por isso, a sua escolha para estar à frente desta jornada é, para mim, oportuna e feliz.

Acompanho sua trajetória profissional por décadas: no Rio Grande do Sul, à frente de diversas secretarias no Executivo estadual. Acompanhei a sua trajetória, adquirindo imensa experiência e garantindo a implementação de políticas para o estado e o povo gaúcho; nos Legislativos municipal e estadual e em seus cinco mandatos como deputado federal, acumulando larga experiência política. Em sua militância partidária, construiu sólida reputação e respeito. Acompanhei, sim, ao longo dos anos, em vários momentos, sua dedicação ao trabalho e sua disposição ao diálogo democrático. Conheço sua competência.

Tenho certeza que o meu líder do governo vem agora se juntar, com o Ministro, a essa equipe, que tem a tarefa de dar continuidade à construção de uma nova era de prosperidade para o Brasil. Tenho certeza que, sob sua gestão, ministro Mendes Ribeiro, o Ministério da Agricultura continuará implementando políticas públicas compatíveis com a grandeza da agropecuária brasileira.

Boa sorte, Ministro, seja bem-vindo.

 

Ouça a integra do discurso (12min55s) da Presidenta Dilma.