Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, na abertura da reunião de chefes de Estado e de Governo do Encontro Iberoamericano de Alto Nível em Comemoração do Ano Internacional dos Afrodescendentes

Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, na abertura da reunião de chefes de Estado e de Governo do Encontro Iberoamericano de Alto Nível em Comemoração do Ano Internacional dos Afrodescendentes

por Portal do Planalto publicado 19/11/2011 12h28, última modificação 04/07/2014 20h08
O Encontro buscará dar maior visibilidade às contribuições sociais, culturais, políticas e econômicas dos afrodescendentes aos países da América Latina e do Caribe

 

Salvador-BA, 19 de novembro de 2011

 

Muito bom dia a todos.

Eu queria aqui cumprimentar o presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca,

O presidente da República da Guiné, Alpha Condé,

O presidente da República Oriental do Uruguai, José Mujica,

O vice-presidente da Colômbia, Angelino Garzón,

Queria cumprimentar também todos os chefes de delegação aqui presentes,

Queria cumprimentar o secretário-geral iberoamericano, Enrique Iglesias,

Cumprimentar cada um dos senhores e das senhoras que comparecem a este Encontro Iberoamericano de Alto Nível em Comemoração do Ano Internacional dos Afrodescentes.

 

Sem sombra de dúvida, nossos países são países – e eu aqui queria falar pelo Brasil – que têm uma participação muito forte dos afrodescendentes na formação da nossa nacionalidade.

O último Censo, no Brasil, indica que mais de 50% da nossa população se considera afrodescendente. Isso é muito importante porque acredito que somos, em termos de país, um dos mais populosos com povos que vieram da África, e, sem sombra de dúvida, na nossa cultura, na nossa visão de mundo, na nossa forma de viver e de fazer todas as atividades temos um componente muito forte que trazemos na formação da própria nacionalidade brasileira. Este Encontro, portanto, é um encontro, para nós, muito importante porque nele nós nos encontramos também um pouco com nós mesmos.

Queria dizer que nós queremos fazer uma reunião muito produtiva. Para tanto, inicialmente teremos os pronunciamentos das autoridades aqui presentes, do governador da Bahia, Jaques Wagner, do prefeito de Salvador e de outras autoridades. Em seguida, vamos ter os relatórios do Fórum da Sociedade e depois o relatório das mesas-redondas. E, para finalizar, os chefes de delegação e chefes de Estado aqui presentes terão... farão uso da palavra.

Portanto, eu desejo a todos um bom Encontro e agradeço a presença de cada um dos representantes da América Latina, alguns dos representantes aqui presentes, dos países da África, e, sobretudo, de nossos países que têm na tradição que afrodescendentes trouxeram para cada uma de nossas nações a sua contribuição, temos, portanto, esta relação que tem de ser cada vez mais forte porque significa que nós estamos olhando para uma das raízes mais importantes da formação de nossas culturas.

Agradeço a todos, mais uma vez, a presença, e dou por aberta esta sessão.

Muito obrigada a todos.

 

Ouça a íntegra do discurso (04min18s) da Presidenta Dilma