Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Discurso da presidenta da República, Dilma Rousseff, durante reunião de Líderes dos Brics - Antália/Turquia

Discurso da presidenta da República, Dilma Rousseff, durante reunião de Líderes dos Brics - Antália/Turquia

por Portal Planalto publicado 15/11/2015 11h00, última modificação 15/11/2015 11h07

Antália - Turquia, 15 de novembro de 2015.



Senhores chefes de Estado e de Governo do Brics,

Vladimir Putin, presidente da Federação Russa; Narendra Modi, primeiro-ministro da República da Índia; Xi Jinping, presidente da República Popular da China; Jacob Zuma, presidente da República da África do Sul,

Senhoras e senhores, ministros de estados e integrantes das delegações,

Senhores jornalistas, integrantes da mídia.

 Senhoras e senhores,

 Gostaria de externar, inicialmente, minhas condolências ao povo e ao governo russo pelas vítimas do acidente aéreo no Egito.

Expresso ainda, o meu mais veemente repúdio, que é também o de todo o povo brasileiro, aos atos de barbárie praticados pela organização terrorista Estado Islâmico, que levaram morte e sofrimento a centenas de pessoas de várias nacionalidades em Paris, na sexta-feira passada. Manifesto ainda nosso pesar às famílias e aos amigos das vítimas. Estou certa que todos nós nesta reunião dos Brics estamos consternados e queremos manifestar nossa integral solidariedade ao presidente François Hollande e ao povo francês. Essas atrocidades tornam ainda mais urgente uma ação conjunta de toda a comunidade internacional no combate sem tréguas ao terrorismo.

 Caros colegas dos Brics,

 É uma satisfação participar deste encontro. Felicito o presidente Putin e o governo russo pela condução que imprimiu à presidência do Brics, neste ano, e pela excelente organização da Cúpula de Ufá.

Em 2015, o Brics teve resultados muito expressivos. Estamos concretizando o Novo Banco de Desenvolvimento dos BRICS e o Arranjo Contingente de Reservas, impulsionando a ampliação de nossa agenda de cooperação e a consolidação de nossa parceria econômica.

Nossos países estão comprometidos a trabalhar pela redução dos riscos que a economia global continua a enfrentar. É por isso, que enfatizaremos, nossa coordenação no G20, priorizando temas importantes para os países em desenvolvimento, como os investimentos em infraestrutura, a redução da volatilidade dos mercados globais, a necessidade de reforma das instituições financeiras e o combate à pobreza e às desigualdades.

O Brics continuará a ser uma força positiva para a retomada do crescimento econômico global nos próximos anos.

Seguiremos empenhados, no mesmo sentido, em tornar realidade os compromissos da reforma do Fundo Monetário Internacional, assumidos em 2010, em prol de uma governança econômico-financeira global mais equilibrada e representativa, com maior participação dos países emergentes e em desenvolvimento.

Estendo ao Primeiro-Ministro Modi o apoio do Brasil aos esforços da Índia à frente do Brics, em 2016, e ao Presidente Xi Jinping nosso compromisso com o êxito da presidência da China no G20 no próximo ano.

Muito obrigada.


Ouça a íntegra do discurso (03min58s) da presidenta Dilma.