Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante jantar oferecido pelo presidente da Bulgária, Georgi Parvanov

Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante jantar oferecido pelo presidente da Bulgária, Georgi Parvanov

por Portal do Planalto publicado 05/10/2011 15h34, última modificação 04/07/2014 20h08
Presidenta agradece as homenagens a ela e a seu país realizadas pelo governo búlgaro e reforça a necessidade de maior aproximação entre Brasil e Bulgária

Sófia-Bulgária, 05 de outubro de 2011

 

Senhor Georgi Parvanov, Presidente da República da Bulgária,

Senhora Zorka Petrova Parvanova,

Senhor Boyko Borissov, primeiro-ministro da República da Bulgária,

Senhora Tsetska Tsacheva, presidenta da Assembleia Nacional da República da Bulgária,

Senhoras e senhores integrantes da delegação brasileira e búlgara,

Senhoras e senhores,

 

Esta visita à Bulgária é fonte para mim de profundas emoções, além de um compromisso de governo. Venho a este país, terra de meu pai, para um encontro com a parte importante de minhas raízes, da minha origem. Sou-lhe extremamente grata, senhor Presidente, por proporcionar-me, junto com o povo búlgaro, estes momentos.

Fico sensibilizada como brasileira porque enxergo nessas homenagens à minha pessoa uma homenagem ao meu país. No orgulho de vocês pela “Presidenta búlgara” do Brasil, vejo uma celebração do Brasil multicultural - do país plural que, ao longo da História, abriu suas portas para imigrantes das mais variadas origens, que lá vivem em paz e harmonia.

Nossos países estiveram, por muito tempo, distantes um do outro, por circunstâncias políticas e, simplesmente, por buscarem estratégias distintas de inserção internacional.

Estou convencida de que esta minha visita enseja uma maior aproximação entre o Brasil e a Bulgária. O evento empresarial de que participamos na tarde de hoje foi um passo importante nessa direção. Também poderemos contar com amplo leque de iniciativas de lado a lado que decorrerão dos acordos de cooperação econômica e tecnológica que hoje assinamos.

Senhor Presidente,

Brasil e Bulgária compartilham objetivos como a promoção da paz e do desenvolvimento com inclusão social em nossas respectivas regiões. Temos, ainda, um inabalável compromisso comum com a democracia. Estamos convencidos de que, no mundo de hoje, estratégias apenas regionais já não nos bastam. Estamos abertos à construção de parcerias frutíferas com todos os povos que vejam, no Brasil, um sócio.

Senhor Presidente, sei bem que seu país é um ator de peso em sua região, e é como tal que o Brasil o enxerga. Desejamos, sim, construir projetos comuns com a Bulgária, esperamos encontrar em nossos parceiros búlgaros a mesma disposição para manter relações frutíferas e construtivas com o Brasil, ancoradas tanto em interesses econômicos, que haveremos de cultivar, como em relações políticas e culturais.

Um brinde, senhor Presidente, a Vossa Excelência, à Bulgária, aos búlgaros, à amizade, que estou segura de que a partir de hoje se reforçará, entre os povos búlgaro e brasileiro.

Aceite, senhor Presidente, a certeza de que o Brasil estará sempre aberto e solidário à Bulgária.

 

Ouça a íntegra do discurso (03min37s) da Presidenta Dilma