Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante encontro com lideranças empresariais – Bogotá/Colômbia

Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante encontro com lideranças empresariais – Bogotá/Colômbia

por Portal Planalto publicado 09/10/2015 15h10, última modificação 09/10/2015 15h16

Bogotá, 09 de outubro de 2015

 

(Falha no áudio)... Luis Filipe de Carvalho Moreira, da Natura, Mille Rufino Pereira, da Camargo Corrêa, Nilo Azevedo Duarte, da Petrobras, Ricardo Gomes, da VCL e Rúben Delgado, da Softex.

Em seguida eu queria cumprimentar os ministros que me acompanham hoje, ministro de Estado das Relações Exteriores, Mauro Vieira; Ministro de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, nosso querido Armando Monteiro. E o ministro, ele tem já uma trajetória, que é o nosso, como diz o Armando Monteiro, o nosso (incompreensível) professor Marco Aurélio Garcia.

Bom eu queria também cumprimentar o nosso embaixador aqui do Brasil, e agradecer pela organização dessa missão que foi, está sendo muito bem conduzida.

Bom, nós estamos aqui na Colômbia porque consideramos que a Colômbia é um dos países que mais crescem, que mais ganham estatura na América do Sul. E o Brasil, eu estava dizendo, tem uma relação com a Colômbia aquém do seu potencial. E conto com os senhores para que nossas relações estejam além do nosso potencial, ou seja, que nós sejamos capazes de construir um caminho no qual tanto os interesses da Colômbia quanto do Brasil sejam contemplados, que a gente se lance para um projeto de futuro que implique relações comerciais e de investimentos extremamente fortes entre nós.

Queria dizer aos senhores que essa é uma reunião para a gente escutar. Primeiro nós escutamos. Por quê? Porque é fundamental nessa atividade que nós vamos começar agora de manhã, que é uma visita de Estado, a gente saber bem claramente como é que nós podemos auxiliar e apoiar iniciativas particulares dos senhores na área empresarial.

Os senhores tem toda a política da empresa dos senhores e nós temos uma obrigação, que é dar suporte a essas iniciativas que os senhores tem em todas as áreas. E naquelas áreas que a gente pode atuar, é importante que a gente sublinhe o que que é que nós devemos fazer para implementar ainda mais este relacionamento.

Eu queria destacar que certamente a relação e a situação internacional de dificuldades nos permite hoje, tanto por conta do câmbio, mas também por conta da ação efetiva do ministro Armando Monteiro e  do ministro Mauro Vieira, nos permite hoje ter uma previsão de superávit comercial de U$16 bilhões. Se a gente considerar que havia quatro de déficit o ano passado, nós estamos fazendo U$20 bilhões. Mas só o câmbio não basta. A gente tem que buscar acordos e tal. No final eu falo sobre essa questão. Mas agora eu queria dar a palavra ao senhores e ouvir tantos quantos quiserem usar dela. A gente podia começar com alguém que pedindo para iniciar. Então a moda fala.

 

Ouça a íntegra do discurso (3min45s) da presidenta Dilma.