Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante encontro com a Delegação de Atletas Paraolímpicos

Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante encontro com a Delegação de Atletas Paraolímpicos

por Portal do Planalto publicado 02/08/2013 15h13, última modificação 04/07/2014 20h17

 

Brasília-DF, 02 de agosto de 2013

 

Queria cumprimentar o nosso ministro do Esporte, Aldo Rebelo; a ministra da Secretaria dos Direitos Humanos, Maria do Rosário; a ministra Helena Chagas, da Secretaria de Comunicação Social.

Queria dirigir um cumprimento muito especial ao presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro, o Andrew Parsons, e toda a comissão técnica  que está aqui representada.

Queria também cumprimentar o Antonio José, nosso secretário nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

Queria cumprimentar cada um dos atletas aqui presentes. Cumprimentar cada um pelo imenso esforço e pela imensa superação e pelas vitórias que obtiveram ao longo dessa trajetória lá na França, em Lyon.

Quero dizer que a cada vez que vocês vêm aqui nesse Palácio, em que a gente comemora as vitórias de vocês, como aconteceu em 2011 e agora em 2013, nós vemos que vocês conseguem ampliar, conseguem se superar e apresentar aqui um resultado - por todos os critérios, se a gente avaliar de acordo com quaisquer padrões internacionais - mostra um excepcional desempenho. São 40 medalhas e um terceiro lugar que nos honra muito. Honra o nosso país e que mostra que o ser humano tem uma imensa capacidade de superação. É necessário que haja cooperação da família, é necessário que a comunidade participe, é necessário que as diferentes confederações de esporte tenham um papel, é necessário essa política ativa feita pela Confederação Paraolímpica e é necessário o papel do governo. Mas nada disso funciona se não tiver essa garra que a gente vê em cada um de vocês, essa garra que vocês demonstram lá na hora, e a inconformidade, né, aquela inconformidade de você ficar brava porque seria um milésimo, sem isso, a gente sabe, você não conquista vitórias. Então, a mim me orgulha muito estar aqui com vocês. Me orgulho porque é o momento em que a gente sente que as pessoas foram capazes de se superar. A gente sabe de situações extremamente difíceis que vocês enfrentaram ao longo da vida. Vocês chegaram ao pódio, vocês chegaram ao pódio, vocês tiveram essa vitória e essa vitória representa muito para o Brasil. Representa muito para o Brasil pelo que ela tem de capacidade e pelo que ela tem de demonstração de capacidade, de superação, pelo que ela tem, também, daquele momento em que as pessoas estão sozinhas consigo mesma e é naquela hora que a força depende de você, tudo que você mobiliza de recursos para poder vencer.

Cada um, cada brasileiro e cada brasileira, olha para vocês e olha para vocês com carinho, admiração e respeito e também como um padrão de comportamento, um padrão de desempenho. Vocês demonstram que existem valores que nós devemos cultuar e cultivar. Esses valores são os valores do empenho, o valor da determinação, o valor do trabalho árduo e, sobretudo, também o valor da alegria de vencer. Essa alegria de vencer, eu acho que vocês hoje transmitiram um pouquinho para cada um de nós. Para mim, vocês transmitiram uma imensa alegria naquele abraço, e eu agradeço o abraço. O abraço foi o melhor presente que eu recebi. E agradeço e espero que das próximas vezes vocês continuem com o abraço, porque ele transmite, ele compartilha, vocês compartilharam comigo o momento dessa vitória.

Eu queria dizer que o Brasil está empenhado em desenvolver o esporte paraolímpico. E faz isso com a convicção de que o esporte paraolímpico representa um momento, um caminho de superação, mas, sobretudo, um caminho simbólico. Nós temos esse centro de treinamento em São Paulo. Ele nada tem de simbólico, ele tem de concreto. Lá nós vamos treinar, nós vamos nos capacitar cada vez mais, e um dia a nossa meta vai ser chegar em primeiro lugar. Como em qualquer esporte essa será a nossa meta. Não sei quando, mas um dia será. Um dos passos para isso é essa parceria do governo federal com o governo de São Paulo nesse centro de treinamento, que eu considero que tem que ser um dos melhores do mundo.

Além disso, eu me sinto muito orgulhosa com essa questão da Bolsa Atleta Pódio. São 160 bolsas e nós começamos aqui hoje pelos atletas paraolímpicos. Essas 44 bolsas que hoje estão sendo concedidas, e simbolicamente a Terezinha recebeu e o Alan, elas tem um sentido muito concreto. Qual é o sentido? Nós, através dessa bolsa, queremos ajudar na profissionalização, o acesso às melhores práticas, à condições adequadas de trabalho e, sobretudo, viabilizar uma certa tranquilidade na vida do atleta. Que ele não tenha de se preocupar também com as questões tanto da sobrevivência, mas também das condições nas quais ele treina e se desenvolve.

Nesse sentido eu considero que o Plano, todo esse Plano Brasil Medalha, do Ministério do Esporte, ele tem esse sentido. E muito me orgulha começar, no que se refere ao esporte de alto rendimento, começar pelos atletas paraolímpico. Eu acho que é um símbolo, inclusive, de quanto os atletas paraolímpicos alcançaram no Brasil. É o reconhecimento da nossa parte também a todas as conquistas, que ao longo desses anos, vocês vêm tendo.

Eu estive e vi e participei de alguns momentos no passado, eu estive em Londres com vocês, eu vi em alguns momentos vocês comovendo o Brasil inteiro, e eu tenho certeza que esse ciclo que se abre hoje vocês vão comover muito mais. Vocês ainda vão dar muita alegria para nós, você vai correr, e vai demonstrar, depois que você casou, né, agora que você casou, você vai demonstrar a nossa imensa capacidade de ganhar. E eu fico aqui e quero dizer para vocês que hoje vocês, além disso, me comoveram pessoalmente com o abraço. Mais uma vez eu agradeço o abraço porque você compartilhou isso comigo, eu te agradeço muito. Como presidenta da República eu fico muito feliz e em nome de todos os brasileiros e brasileiras eu quero agradecer a vocês e dizer que a gente tem em vocês um grande motivo de orgulho.

Muito obrigada e um beijo no coração de cada um.

 

 

Ouça a íntegra (08min58s) do discurso da Presidenta Dilma