Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, na posse da ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, e do ministro da Pesca e Aquicultura, Luiz Sérgio Oliveira

Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, na posse da ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, e do ministro da Pesca e Aquicultura, Luiz Sérgio Oliveira

por Portal do Planalto publicado 13/06/2011 10h18, última modificação 04/07/2014 20h06
A cerimônia aconteceu no Salão Oeste do Palácio do Planalto

 

Palácio do Planalto, 13 de junho de 2011 

 

Boa tarde a todos.

Queria cumprimentar o vice-presidente da República, Michel Temer,

O senador José Sarney, presidente do Senado Federal,

O deputado Marco Maia, presidente da Câmara dos Deputados,

Queria cumprimentar a Gleisi Hoffmann, ex-senadora Gleisi Hoffmann, ministra-chefe da Casa Civil, em nome de quem cumprimento todos os ministros aqui presentes.

Meu caro Luiz Sérgio, ministro da Pesca e Aquicultura,

Minha cara Ideli Salvatti, ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais,

Senador Romero Jucá, líder do governo no Senado, por intermédio de quem cumprimento os demais senadores e senadoras presentes,

Deputado Cândido Vaccarezza, líder do governo na Câmara dos Deputados, por intermédio de quem saúdo as deputadas e os deputados que assistem a esta cerimônia.

Senhoras e senhores governadores, Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte; Raimundo Colombo, de Santa Catarina.

Senhoras e senhores jornalistas, fotógrafos, cinegrafistas,

Senhoras e senhores,

Este evento é uma cerimônia de transmissão de cargo e, também, um agradecimento aos ministros Ideli Salvatti e Luiz Sérgio Oliveira pelo trabalho realizado. Homenageio neles os valores que considero fundamentais na atividade política: capacidade de diálogo, senso de justiça e ética, correção, eficiência e lealdade. São qualidades indispensáveis para o êxito de um governo. São qualidades que identifico nos meus ministros e meus amigos Luiz Sérgio e Ideli Salvatti.

A partir de agora terei a ministra Idelli ainda mais perto, e não abrirei mão da colaboração do ministro Luiz Sérgio. Estarão ambos no governo, atuando em defesa do desenvolvimento econômico e da inclusão social, dando o melhor de suas capacidades pelo bem do Brasil.

Minha cara Ideli, meu prezado Luiz Sérgio, ministros e colaboradores do meu governo,

Temos muito trabalho a fazer. Desde o início do ano, o governo atuou de forma determinada para manter a estabilidade econômica, controlar a inflação e garantir contas fiscais e superávit primário. Ao mesmo tempo, essa política monetária e fiscal foi e é compatível com a garantia do crescimento e da geração de empregos. O nosso objetivo é e será fazer nosso país crescer muito, e crescer de maneira sustentável. O nosso objetivo é melhorar, cada vez mais, as condições de vida da classe média. E o nosso compromisso é também com a erradicação da miséria. E é um compromisso inadiável, e será realizado por meio do programa Brasil sem Miséria. Para essa missão, eu conto com todos os meus ministros, sem exceções, sem diferenças, sem distinção de qualquer espécie.

Do meu ponto de vista, não existe dicotomia entre um governo técnico e um governo político. Valorizo muito a capacidade técnica e a gestão eficiente, até porque nenhum país do mundo conseguiu um elevado padrão de desenvolvimento sem eficiência nas suas atividades governamentais e absorção das técnicas mais avançadas disponíveis. Mas, simultaneamente, tenho a convicção de que as decisões políticas constituem a base das opções governamentais.

A política qualificada e ancorada nos interesses do país e do nosso povo se traduz no respeito à nossa soberania, à democracia que construímos superando o arbítrio, à Federação, aos movimentos sociais e à melhoria de vida da nossa população.

Sem dúvida, a afinidade do meu governo com a política se manifesta no imenso respeito pelo Congresso Nacional e pelo Poder Judiciário, base dos poderes constituídos junto com o Executivo.

A importância que meu governo atribui à atividade política se reflete na compreensão de que a continuidade das grandes transformações necessárias ao desenvolvimento econômico e social do Brasil só podem nascer da negociação, da articulação de interesses e da nossa capacidade de identificar afinidades e convergências onde, à primeira vista, só parece existir conflito e diferença.

Somos um país de grandes diversidades, de expressiva complexidade social e econômica e que atingiu uma fase da sua história na qual democracia é essencial para a construção de consensos estratégicos sobre os nossos caminhos. Para trilhar esses caminhos e fazer o que o país espera de nós, precisamos trabalhar todos juntos.

O governo não é só o Poder Executivo, mas a ampla coalizão que soubemos pactuar e que representa, antes de mais nada, o povo que nos elegeu.

Encerro esta posse dos meus ministros e amigos, Ideli Salvatti e Luiz Sérgio, aos quais desejo muita sorte e sabedoria nas funções que passam a exercer, com um convite a todos, aos meus colaboradores, ao meu partido, aos partidos aliados, a todos os políticos e à sociedade brasileira: vamos arregaçar as mangas e trabalhar pela ações que o Brasil demanda.

Temos muito o que fazer, e, com a força das maiorias e o respeito às minorias, tenho certeza de que este país vai continuar avançando muito nos próximos anos.

Conto com todos vocês. Muito obrigada.

 

Ouça na íntegra o discurso (06min54s) da Presidenta da Dilma.