Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante anúncio de ampliação de crédito fiscal dos estados de Goiás, Rio Grande do Norte e Santa Catarina

Discurso da Presidenta da República, Dilma Rousseff, durante anúncio de ampliação de crédito fiscal dos estados de Goiás, Rio Grande do Norte e Santa Catarina

por Portal do Planalto publicado 16/02/2012 17h12, última modificação 07/07/2014 10h52

Palácio do Planalto, 16 de fevereiro de 2012

 

Eu queria cumprimentar aqui todos os governadores, cumprimentando o Marconi Perillo, o nosso querido governador de Goiás, o governador de Santa Catarina, meu amigo Colombo, e a nossa governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini.

Cumprimentar os três ministros aqui presentes: Guido Mantega, Miriam Belchior e Ideli Salvatti.

Esse... eu falei cumprimentando todos os governadores, porque eu acho que esse é um processo que começou quando nós ampliamos, começamos a ampliar o limite de endividamento dos estados brasileiros. Com esses três estados nós concluímos a primeira etapa, que, como o ministro Guido Mantega falou, atinge R$ 41 bilhões de reais – 39 e pouco da outra... de todas as medidas tomadas ao longo de 2011 e mais 2,34 nesta cerimônia.

Eu queria dizer que aqui nós temos ex-governadores, como o ex-governador de Santa Catarina aqui presente, o, hoje, nosso senador Luiz Henrique, o senador Maldaner. Todos que atuaram, de alguma forma, no setor público sabem que depois da crise da dívida e do endividamento, tanto da União como dos estados, sempre foi muito difícil conseguir limite de endividamento. O que nós estamos conseguindo aqui é um salto em relação às finanças dos estados brasileiros. E aí, é mérito de todos aqueles que dirigiram esses estados.

E, agora, nós temos uma situação diferenciada, porque o Brasil mudou. Com isso, nós abrimos, como o Guido disse, o maior empréstimo que se tem notícia, em termos de espaço fiscal dos estados. Mas, eu, que sou uma otimista, acredito que esse é um dos passos e que nós, progressivamente, seremos capazes de, sistematicamente, termos estados investidores, porque isso é muito importante para o Brasil.

Nós, hoje, temos uma meta. Vocês viram que ontem o governo fez um esforço muito grande no sentido de aumentar e ampliar a consolidação fiscal, que tem sido uma característica desde o primeiro ano do meu governo, no sentido de procurar uma outra relação entre política fiscal e política monetária. Mas isso tem também uma grande contribuição para que nós possamos investir.

O que nós procuramos, hoje, nas finanças públicas e no nosso manejo orçamentário é ampliar a capacidade de investimento, tanto da União como dos estados. Então, não só é muito significativo que estados brasileiros possam investir em rodovias, em saneamento, em programas sociais de erradicação da pobreza, que possam viabilizar projetos que são essenciais para o desenvolvimento dos estados, como também nós vamos buscar, de todas as formas, incentivar e assegurar condições melhores para o investimento privado.

Essa combinação – investimento privado e investimento público – é a combinação virtuosa para um crescimento sustentável e acelerado. Por isso, eu acredito que hoje, aqui, nós cumprimos uma etapa. E acredito que, ao longo dos anos, cada vez mais os estados brasileiros vão ser agentes de investimentos, e isso é muito importante em um país continental, com 27 estados com situações econômicas, sociais diversas e, sem sombra de dúvida, também é o resgate federativo do papel dentro da Federação, no espaço regional dessa entidade chamada estado federado.

É algo que faz o Brasil avançar, faz o Brasil avançar institucionalmente, faz o Brasil avançar em termo da qualidade do seu investimento. Obviamente, eu tenho certeza de que todos os governadores, até porque também há que se reconhecer a qualidade dos governadores dos nossos estados, terão esse compromisso com a qualidade dos investimentos, para que nós, de fato, possamos criar um círculo virtuoso de crescimento acelerado no Brasil.

Está de parabéns cada um dos governadores. Está de parabéns a governadora Rosalba, está de parabéns o governador Marconi, está de parabéns o governador Colombo. Todos eles juntos, de fato, permitirão que nós cheguemos mais perto das nossas metas de crescimento deste ano e dos próximos.

Queria agradecer a cada um e lembrar também todos os outros governadores que assinaram programas como este aqui.

Muito obrigada a todos aqui presentes. Agradeço a cada um que compareceu a esta cerimônia, que vai ser rápida. Obrigada.

 

Ouça a íntegra do discurso (06min13s) da Presidenta Dilma