Você está aqui: Página Inicial > Mandatos de Dilma Rousseff (2011-2015 e 2015-2016) > Discursos > Discursos da Presidenta > Declaração à imprensa da Presidenta da República, Dilma Rousseff, após cerimônia de assinatura de atos

Declaração à imprensa da Presidenta da República, Dilma Rousseff, após cerimônia de assinatura de atos

por Portal do Planalto publicado 05/10/2011 10h14, última modificação 04/07/2014 20h08
Presidenta fala sobre a parceria Brasil-Bulgária nas áreas de Ciência,Tecnologia, Educação, Agricultura, entre outros

 

Sófia-Bulgária, 05 de outubro de 2011

 

Senhor Georgi Parvanov, presidente da Bulgária,

Senhoras e senhores integrantes da delegação brasileira,

Senhoras e senhores representantes do governo búlgaro,

Senhoras e senhores,

 

Estou feliz e emocionada de, pela primeira vez, visitar a Bulgária, terra natal de meu pai, e desde que cheguei aqui recebi muitas manifestações de afeto de seus governantes e de seu povo, ao qual me sinto profundamente ligada por laços de sangue e pela memória de meu pai.

Agradeço muito especialmente ao presidente Parvanov, que se desdobrou em atenções para que esta fosse uma visita à altura das expectativas das duas partes.

Tenho dito a meus interlocutores que enxergo, nas homenagens que recebi, manifestações de carinho pelo Brasil e pelo que ele representa. Por isso venho à Bulgária com a expectativa de traduzir esse carinho e esse apreço em gestos concretos de aproximação entre os nossos dois países.

Um primeiro terreno a explorar – o mais óbvio – é o do intercâmbio comercial. Nosso comércio vinha crescendo de maneira notável, ao longo da última década, e espero que assim continue neste momento. A crise internacional, ainda em curso, nos impede de tirar das cifras de intercâmbio conclusões definitivas. Tenho, no entanto, o firme propósito de recuperar o terreno perdido, recuperar o dinamismo e multiplicar as oportunidades para empresários brasileiros e búlgaros. Essa preocupação estará presente em todas as minhas conversas, e esse objetivo será promovido, principalmente, com a ajuda da delegação empresarial que me acompanha nesta viagem.

Outra vertente desta visita é promover a cooperação, ainda mais estreita, entre o Brasil e a Bulgária em todas as áreas, em especial na educação, na ciência e na tecnologia. Nosso governo tem dedicado grande atenção à formação de estudantes brasileiros no exterior, em centros de excelência, e também a vinda [ida] de estudantes de outros países para o Brasil. Conversei com o presidente Parvanov sobre as oportunidades nestas iniciativas. Sei que a Bulgária tem tradição em áreas importantes para o Brasil, como por exemplo, a Medicina, a Física e a Matemática.

Ao mesmo tempo, o Brasil pode também oferecer algo em troca. Em meus encontros, estou assinalando nossa disposição de compartilhar experiências bem-sucedidas nas áreas de agricultura, energias renováveis – especialmente hidrelétrica e biocombustíveis – e todas as áreas relativas à indústria, à aeronáutica e à indústria do petróleo e gás.

Além disso, o Brasil tem, hoje, uma experiência muito grande no que se refere aos programas de transferência de renda e ascensão social, porque tiramos 40 milhões de brasileiros e brasileiras da extrema pobreza.

Gostaria de enfatizar que, além dos vínculos emocionais e afetivos que eu tenho com a Bulgária, o meu país vê na Bulgária um parceiro estratégico e de peso nesta região, onde queremos estreitar e expandir, cada vez mais, nossa presença. A Bulgária é um país com o qual compartilhamos muitos valores e pontos de vista, notadamente o esforço por construir a paz, a estabilidade, a integração de economias, povos e culturas.

Expressei ao presidente Parvanov minha confiança pelo sucesso da Bulgária, país com o qual desejamos expandir nossas relações políticas, culturais e também comerciais.

No que se refere aos esportes, o Brasil receberá, de braços abertos, os atletas, torcedores, jogadores e turistas búlgaros por ocasião da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016.

Nesse, como em outros tantos pontos, falamos um idioma comum: a universal conversa dos esportes. Por isso, vemos na Bulgária, também, um parceiro com o qual queremos trabalhar nesses aspectos, em benefício de nossas duas sociedades, e também um parceiro com o qual buscaremos aprofundar o diálogo sobre toda a sorte de temas de interesse comum –crescimento econômico global, promoção da paz, da segurança e do desenvolvimento – em nossas regiões e no resto do globo.

Muito obrigada.

 

Ouça a íntegra do discurso (13min16s) da Presidenta Dilma